News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

ECOPORÉ E PARCEIROS EXIBEM O DOCUMENTÁRIO '' A LEI DAS ÁGUAS'' E PROMOVEM DEBATE

Já são mais de 600 exibições seguidas de rodas de conversa em escolas, universidades, organizações sociais, associações de bairro,
Quinta-Feira, 09 de Julho de 2015 - 10:21

No dia 12 de julho, no próximo domingo, às 19h, na Confraria das Artes, localizada em Porto Velho, na Avenida Calama, 1706, será exibido o documentário brasileiro "A Lei da Água Ciência, Agricultura, Política e o Novo Código Florestal”, do diretor André D'Elia, lançado em março deste ano.O documentário explica a relação entre o novo Código Florestal e a crise hídrica brasileira.

Essa atividade é uma parceria realizada entre a Ecoporé, Equipe de Conservação da Amazônia (ECAM), o Centro de Estudos Rioterra e Kanindé. Representantes destas organizações, entre eles, a técnica da Ecoporé, bióloga Lorena Demétrio, estarão disponíveis para participarem do debate com os presentes. “É preciso mobilizar as pessoas para que venham debater e ampliar essa discussão que envolve a importância fundamental das florestas para a conservação dos recursos hídricos no país. É necessário informar a população sobre as mudanças no Código Florestal atual e reforçar a necessidade de conservar os recursos naturais para o meio ambiente ecologicamente equilibrado”, relatou Lorena, destacando que o cinedebate terá participação livre.

As opiniões diversas e os exemplos práticos reforçam o tema central do documentário: a relação delicada entre a preservação das florestas, a produção de alimentos e a saúde dos nossos recursos hídricos.Entre os entrevistados o documentário estão Raul Silva Telles do Valle, advogado e ambientalista do Instituto Socioambiental; Antônio Nobre, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (Inpe) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); Blairo Maggi, senador e empresário; Ivan Valente, deputado; Mário Mantovani, diretor de mobilização da Fundação SOS Mata Atlântica; Omar Bitar, geólogo; José Sarney Filho, advogado e político; Alceo Magnanini, engenheiro agrônomo e consultor ambiental.

Já são mais de 600 exibições seguidas de rodas de conversa em escolas, universidades, organizações sociais, associações de bairro, ONG’s, cineclubes, centros culturais e diversos órgãos públicos como Assembleias Legislativas estaduais, Congresso Nacional, Secretarias de Educação e Meio Ambiente de diversos municípios do país. A difusão do filme está ocorrendo em todo o Brasil através de cinedebates e já atingiu 20.000 espectadores. 

Fonte - assessoria - ecoporé

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.