News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

JUVENTUDE ESTÁ A MERCÊ DA VIOLÊNCIA, AFIRMA MARIANA

A ideia é criar uma CPI com o tema em cada assembleia estadual
Terça-Feira, 07 de Julho de 2015 - 08:59

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) fez uso da tribuna para explanar sobre a violência contra jovens negros e pobres e que no dia 26 de março último instaurou a CPI na Câmara Federal, pois nossa “juventude está à mercê da violência”.

Mariana anunciou que foi proposto em todas as Assembleias Legislativas do país, a criação de uma CPI com os mesmo propósitos, para que desta forma possam traçar os números de violência em cada capital.

Ela informou que esteve no Refúgio Canaã e sugeriu que as pessoas pudessem visitar a instituição para verificar in loco a realidade da qual aquelas pessoas se encontram.

Mariana falou que de início foi criticada por fazer parte da CPI. Garantiu que trazer o tema para Porto Velho se faz necessário, pois muitas pessoas têm medo e vergonha por passar por maus tratos a que são submetidos.

De acordo com a parlamentar, toda essa violência é atribuída por acertos de contas. Para ela é necessário combater essa violência desenfreada e o racismo. Mariana disse que cada estado possui seus problemas e deseja que a CPI possa contribuir, de alguma forma, de modo a combater a violência e o racismo com rigor.

Mariana ressalta a importância em trazer a audiência para Porto Velho e ter a oportunidade de ouvir a população local. “Sabemos que as pessoas têm medo, vergonha de falar pelo que passaram ou o que estão passando e muitos casos de homicídios entre os jovens, tem acontecido por questão de acerto de contas e precisamos por fim neste absurdo”, destacou.

Ela disse que a proposta é ouvir as pessoas que têm no seu dia a dia essa realidade. A CPI conta com a participação de 27 deputados que fizeram a escolha de lutar e defender a causa.

Fonte - ale/ro - decom

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.