News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sabado, 28 de Novembro de 2020

MAURÃO, REELEITO NO COMANDO DA ALE, É NOME PARA 2018

Como deputado, Maurão nunca foi de grandes discursos nem de projetos mirabolantes.
Quinta-Feira, 02 de Julho de 2015 - 08:24

Maurão de Carvalho chegou nesta terra há muitos anos, buscando, junto com sua família, o que milhares de brasileiros de todas as regiões queriam: a chance de uma vida melhor. Com seu jeito simples, conciliador, fazendo amizades facilmente, aproximando-se da comunidade evangélica, já crescente na época, acabou se tornando prefeito da pequena Ministro Andreazza por dois mandatos. Realizou um trabalho positivo, envolveu-se com a comunidade e a envolveu de tal forma, que acabou se tornando uma liderança muito forte em sua região. A mesma região que ele representa, há seis mandatos, na Assembleia. Como deputado, Maurão nunca foi de grandes discursos nem de projetos mirabolantes. Mas trabalhou como formiguinha, atendendo pleitos do eleitorado que representa, a maioria deles coisas simples, que só o homem comum compreende como são importantes. Nunca se envolveu em escândalos, nunca fez inimizades na política. Consolidou sua liderança também no meio evangélico e, usando as mesmas táticas de respeito, amizade e fazendo coisas complicadas se tornarem simples, ele chegou à Presidência da Assembleia Legislativa.

Recém findado seis meses no cargo, Maurão foi reeleito (como permite o Regimento Interno), para mais um mandato, um ano e meio antes de completar o primeiro. E outra vez por unanimidade. Não teve oposição na primeira eleição e muito menos nesta segunda. Fez um trabalho positivo, levou o parlamento para o interior; valorizou o interior, realizando sessões da ALE e audiências públicas; controlou os gastos, aproximou dos outros poderes, fortaleceu a credibilidade do parlamento e se credenciou a manter-se à frente dos deputados por tudo isso. Maurão é uma liderança política consolidada no Estado. Em 2018, ele é nome certíssimo na relação dos futuros candidatos ao Governo.

O VOTO RONDONIENSE

Contrariando   quase 90 por cento dos brasileiros, a Câmara Federal manteve a lei da maioridade penal intocada. Uma vergonha e uma demonstração clara de que é o parlamento de uma minoria e não da massa do povo que representa. Da bancada federal de Rondônia, houve cinco votos pela mudança na lei (Luiz Cláudio da Agricultura, Lúcio Mosquini, Marcos Rogério, Mariana Carvalho e Nilton Capixaba); três pela manutenção de tudo como está (Marinha Raupp e Expedito Neto) e uma abstenção (Lindomar Garçon). É bom que os eleitores saibam como votam seus representantes em Brasília. Os votos estão aí, para checagem...

VERDADE OU LENDA?

Conta-se como verdade: dias atrás, importante autoridade teria tido reunião com representantes de determinado poder e avisado: ou um acordo assinado recentemente começaria  a ser cumprido na íntegra ou a coisa iria engrossar. Pelo menos um dos participantes do tal encontro – se é que ele existiu mesmo! – teria comentado com amigos de que o clima teria esquentado; “Nós vamos dar um jeito nisso aí, queiram vocês ou não!”, teria avisado um dos nomes muito conhecidos em organização temida por quase todos os políticos. Será verdade ou apenas mais uma dessas lendas que surgem todos os dias?

NOVA MESA

Mudou apenas a primeira secretaria na nova Mesa Diretora da ALE, para o segundo mandato de Maurão de Carvalho, que começa em 1º de janeiro de 2017 e termina no primeiro dia de 2019. Os demais cargos serão ocupados assim: Edson Martins (PMDB) permanece na 1ª vice-presidência e Laerte Gomes (PEN) assume a 2ª vice-presidência. José Lebrão (PTN) fica na 1ª secretaria. Glaucione Rodrigues (PSDC) permanece na 2ª secretaria; Dr. Neidson (PT do B) na 3ª secretaria e Rosângela Donadon (PMDB) na 4ª secretaria. A Chapa Integração foi eleita por unanimidade. 

HERMÍNIO OTIMISTA

Nome certíssimo na corrida pela Prefeitura da Capital, o deputado Hermínio Coelho ficou de fora da Mesa Diretora no segundo mandato de Maurão. Ele fica na segunda vice presidência até o final de 2016. Preferiu ficar fora para ter uma maior liberdade de ação. Hermínio manterá sua postura de opositor duro ao Governo do Estado e desta se arregimentando para tornar ainda mais viável seu nome para concorrer à sucessão de Mauro Nazif. Uma liderança política consolidada, principalmente na Capital, ele e seu grupo andam falando com otimismo sobre a corrida eleitoral do ano que vem...

TOM DE CORDIALIDADE

Um momento altamente positivo, que merece ser registrado: o clima de cordialidade na posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado, a Fiero. Tanto o novo presidente da entidade, para um mandato definitivo que começa agora, Marcelo Thomé como para o novo presidente do Conselho, o empresário Chagas Neto, primaram pela cordialidade e pela conciliação em seus discursos de posse. Ao que tudo indica, o racha na principal entidade empresarial do Estado é coisa do passado. Felizmente!

PERGUNTINHA

Não seria justo que houvesse 78 por cento de aumento a todos os servidores públicos e empregados de empresas privadas, como receberam os funcionários do Judiciário?

Fonte - sérgio pires - opinião de primeira

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.