News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

MENINA DE TRÊS ANOS SOFRE DE TERROR NOTURNO E OBRIGA A MÃE A ACORDAR 20 VEZES POR NOITE

Antes de reclamar que tem dormido mal, talvez você deva conhecer a história de Laura. Mãe de duas filhas, a inglesa de 31 anos passou três anos de sua vida acordando 20 vezes por noite por causa de sua menina mais velha, Niamh, que chorava sem parar de madrugada desde que nasceu.
Quarta-Feira, 01 de Julho de 2015 - 14:17

Antes de reclamar que tem dormido mal, talvez você deva conhecer a história de Laura. Mãe de duas filhas, a inglesa de 31 anos passou três anos de sua vida acordando 20 vezes por noite por causa de sua menina mais velha, Niamh, que chorava sem parar de madrugada desde que nasceu.

O problema da garotinha era um mal relativamente comum entre crianças, chamado terror noturno, e que causa gritos, pânico e desespero nos pequenos, que ficam de olhos abertos durante os episódios, mesmo estando na verdade dormindo. Ao acordar, eles não têm sequer uma memória do que se passou naqueles momentos.

Junto com seu marido, James, Laura, que estuda psicologia, se revezavam nos cuidados com Niamh e Annie, uma bebê que hoje tem um ano. Depois de três anos de sofrimento, com noites praticamente em claro, o casal finalmente descobriu um remédio para acalmar o terror noturno da filha. "Houve momentos em que nós três nos sentávamos na cama e chorávamos juntos".

Baseada no pianista John Levine, um australiano de 61 anos que desenvolveu um método de cura através da música, Laura decidiu aplicar a técnica na filha, e se surpreendeu com os resultados. Chamado de Alphamusic, o “tratamento” de Levine agora toca sem parar no quarto de Niamh, que finalmente conseguiu se acalmar quando tem um episódio de terror noturno. "Antes disso, eu torcia para que alguém levasse minhas filhas para algum lugar e só me devolvesse depois que elas estivessem dormindo e calmas. Foi muito, muito difícil em muitos momentos, e eu achei que minhas forças tinham se esgotado. Também acho que eu e James não lidamos muito bem com tudo. Precisávamos de alguém de fora para nos ajudar."

Laura chegou a entrar em contato com uma profissional de saúde, que sugeriu, para durante os episódios de terror noturno, técnicas como massagear a barriga de Niamh e, depois, lentamente ir deixando o quarto da menina. Outro médico recomendou que os pais deixassem a filha chorando, até que, teoricamente, se cansasse. Nada disso adiantou.

"Ela gritava, pulava, chutava. Corria pelo quarto, batia a porta, tentava nos tirar da cama. Eu me sentia culpada, uma péssima mãe, tudo isso pelo simples fato de que não conseguia fazer minha filha dormir. Eu ficava tão cansada que tinha até mesmo medo de dirigir meu carro no dia seguinte.
Com a música do pianista australiano, agora Niamh e a família dormem bem, e conseguem encarar o dia posterior com energia. Sugiro a todos os pais que têm filhos com problemas de sono que tentem a música. Ela fez toda a diferença nas nossas vidas."

Fonte - r7.com

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.