News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

POLICIAIS ENSINAM PRIMEIROS SOCORROS NO ESPAÇO ALTERNATIVO EM PVH

“Eu nunca passei por uma situação de emergência assim, mas é bom a gente ter conhecimento”, disse.
Terça-Feira, 30 de Junho de 2015 - 11:40

Alunos do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar foram para a rua mostrar à comunidade parte do aprendizado que têm adquiro.

São 53 novos oficiais que estão sendo preparados, e que deverão ser integrados à tropa no próximo ano.

A apresentação foi feita na sexta-feira (26), no Espaço Alternativo, em Porto Velho, com a participação do público que pratica caminhada no local, escolhido de forma estratégica pela Direção do Centro de Ensino, devido à presença de um grande número de pessoas preocupadas com a saúde e o bem-estar.

De acordo com o diretor de Ensino, coronel Clairton Pereira, foram desenvolvidos alguns tipos de primeiros socorros para atendimento a adultos e crianças, como contensão de hemorragia, seja por ferimento superficial ou corte por cerol (mistura de vidro e cola usada nas linhas de empinar papagaio ou pipa); reanimação cardiopulmonar para aplicação em casos de parada cardíaca ou respiratória; e  engasgamento provocado por alimento. Os policiais ensinaram como prestar atendimento de emergência, enfatizando a importância de acionar a equipe do Samu pelo telefone 192 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

“Estas explicações são de socorristas para utilização por pessoas leigas”, explicou o coronel Clairton Pereira, que acompanhou o treinamento com o tenente Marcelo Victor, coordenador de Ensino da Polícia Militar.

O aposentado Raimundo Barros da Costa contou que caminha na pista todos os dias, e achou muito interessante as explicações. “Eu nunca passei por uma situação de emergência assim, mas é bom a gente ter conhecimento”, disse.

Humberto José  e o filho Leonardo, de 5 anos, acompanharam a apresentação do socorrista em caso de engasgamento de crianças. O pequeno ficou impressionado com a ação dos militares, que explicaram que situações de engasgamento são muito comuns em menores de um ano, quando pode ocorrer o acidente durante a mamada; ou crianças maiores em restaurantes, ao engolirem um pedaço de carne, por exemplo. Para Humberto José, é importante saber as manobras que podem contribuir para o salvamento de uma vida em caso de emergência.

O socorrista explicou ao pai que  a criança pequena pode ser sustentada pelo braço do adulto, que precisa colocá-la de bruços e manter a boa aberta, para expelir o objeto do engasgo com tapas nas costas da criança com a mão em forma de concha. Segundo ele, as crianças maiores deverão ser apoiadas na perna do adulto assegurando o mesmo procedimento, recomendando que mesmo após expelir o objeto a vítima deverá ser atendida por especialista, no caso, os socorristas do Samu ou bombeiros.

Fonte - decom - governo de rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.