News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 23 de Janeiro de 2021

CRIANÇA COM PRESSÃO ALTA: EXCESSO DE PESO PODE DESENCADEAR DOENÇA

A hipertensão arterial na criança e no adolescente tem duas causas principais
Terça-Feira, 30 de Junho de 2015 - 10:55

A hipertensão é primária quando a família da criança (pais, tios, etc.) tem história de hipertensão ou se ela tem outros fatores relacionados como, por exemplo, a obesidade ou o sedentarismo.

A criança pode ter hipertensão secundária, que é causada por doenças que provocam a pressão elevada. Estas podem estar relacionadas com doenças renais ou nos vasos sanguíneos, por problemas cardiovasculares, endócrinos, por tumores ou outras condições clínicas menos frequentes.

Pressão normal varia com a idade da criança

A pressão arterial normal na criança varia com a idade, o sexo e a altura, sendo utilizados dados epidemiológicos comparativos. A determinação da pressão arterial envolve mensuração, técnica e interpretação adequada. O diagnóstico só pode ser dado pelo médico.

Os valores normais de pressão arterial constam de gráficos e tabelas conhecidas e divulgadas na literatura médica. Existem gráficos para crianças no primeiro ano de vida e tabelas para crianças e adolescentes de 1 a 17 anos de idade. Após os 18 anos a pressão arterial passa a ser classificada como estabelecida aos valores do adulto.

Alguns fatores aumentam o risco de uma criança ou adolescente apresentar ou mesmo desenvolver hipertensão arterial

Alguns fatores não podem ser modificados como, por exemplo, a hereditariedade e a raça. Existe maior risco de pressão alta em quem tem pais com hipertensão e na raça negra, por exemplo. Entretanto, outros fatores podem ser controlados. Dentre esses últimos, podemos citar: o excesso de peso, a inatividade física, o excesso de sal na dieta alimentar e o estresse, entre outros.

Fonte - ebc

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.