ACIR PARTICIPA DE INAUGURAÇÃO DE ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL EM PORTO VELHO

As aulas na Escola Lydia Johnson começam no dia 17 de julho.
Sexta-Feira, 26 de Junho de 2015 - 09:40

O senador Acir Gurgacz participou na tarde desta quinta-feira, 25, da inauguração da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professora Lydia Johnson de Macedo, que ajudou a viabilizar no Bairro Costa e Silva, em Porto Velho. A solenidade contou com a participação do governador Confúcio Moura e do ministro da Educação, Renato Janine.

Na solenidade, o senador Acir Gurgacz destacou a importância da escola para a melhoria da qualidade do ensino em Rondônia, uma vez que foi planejada e construída para funcionar no regime de educação de tempo integral. “As boas instalações físicas de uma escola, o regime integral, assim como a qualificação e valorização dos servidores e professores são fundamentais para a melhoria da qualidade do ensino, que certamente refletirão do desenvolvimento do Estado e do País”, frisou Acir.

O senador Acir Gurgacz afirmou que Rondônia tem investido não apenas em escolas, mas também na capacitação dos professores e aperfeiçoamento da gestão escolar. Com isso, a educação no Estado melhorou nos últimos anos, tanto que a nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de seus estudantes das séries iniciais subiu de 2,6 em 2005 para 5,2 em 2013. Os rondonienses detém as melhores notas entre os Estados do Norte.

HISTÓRICO - A viabilização da Escola Professora Lydia Johnson só foi possível porque o senador Acir Gurgacz conseguiu resgatar um convênio do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE) com o governo do Estado, assinado em 2008, que estava prestes a ser engavetado por conta de inconsistências no projeto e no orçamento.

Acir lembra que tomou conhecimento deste convênio no final de 2009 e começou trabalhar nele em 2010. “Coloquei a equipe do meu gabinete para ajudar nas questões técnicas e burocráticas e eu mesmo fui inúmeras vezes tratar com técnicos e diretores do FNDE e com os Ministros da Educação, em particular com os ex-ministros Fernando Haddad e Aluizio Mercadante”, conta Acir.

Em 2010, o projeto original foi transformado para escola Padrão MEC de Educação Integral, e os problemas técnicos e orçamentários foram resolvidos. Em 2011 o projeto foi licitado e as obras das duas escolas, uma em Porto Velho e outra em Ji-Paraná, começaram. Para a construção da escola de Porto Velho o FNDE repassou R$ 4.650.422,73 ao governo do Estado.

O senador destaca que muita gente ajudou na concretização deste sonho. Ele cita a participação do ex-deputado estadual Euclides Maciel, que ajudou na articulação junto à Seduc, com o governo do Estado e com o FNDE. “Estou particularmente feliz por ter participado deste sonho que hoje é uma realidade e, com certeza, será um espaço para construção de um futuro melhor para muita gente”, salienta Acir.

ESTRUTURA - A escola foi construída em uma área de aproximadamente 12 mil metros quadrados, conta com seis blocos ligados por meio de corredores cobertos com telhas de barro, 12 salas de aula climatizadas, laboratórios de ciências naturais e de informática, refeitório, cozinha, teatro de arena, quadra poliesportiva coberta e área de vivência.

A nova escola tem a capacidade de comportar 680 alunos e grande parte será destinada aos estudantes da Escola Estadual Brasília, que, atualmente, têm aulas em um espaço cedido por uma faculdade particular da capital devido à reforma no prédio escolar original. As aulas na Escola Lydia Johnson começam no dia 17 de julho.

Fonte - assessoria

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.