News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020

PORTO VELHO: PREFEITURA TRANSFERE ATENDIMENTO DO BOLSA FAMÍLIA PARA NOVO PRÉDIO

Por causa da mudança, não haverá atendimento no prédio antigo na segunda (29), terça (30) e quarta (1º de julho).
Quinta-Feira, 25 de Junho de 2015 - 19:19

A partir da próxima quinta-feira, 02 de julho, a Prefeitura de Porto Velho atenderá os beneficiários do Programa Bolsa Família em um novo prédio. Atualmente a recepção às famílias é feita em um prédio localizado na avenida Presidente Dutra, entre a D. Pedro e a Carlos Gomes, no Centro, e passará para um imóvel na Marechal Deodoro, 1823, no Centro. A mudança de local foi confirmada nesta quinta-feira, 25, pelo secretário Daniel Vieira de Araújo, da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), que explicou o motivo da transferência, “Esse novo local, próximo ao Prontocor é mais acessível e queremos também dar um atendimento mais digno a essas pessoas”, explicou o secretário.


 

Por causa da mudança, não haverá atendimento no prédio antigo na segunda (29), terça (30) e quarta (1º de julho). “Precisamos desses três dias para poder equipar o novo local com a instalação dos móveis, equipamentos de Informática para que a população não seja prejudicada com um atendimento deficiente”, disse.

Hoje em Porto Velho, 26 mil famílias recebem o benefício no município. Elas tem até 27 de dezembro para se recadastrarem na Semas. Para a renovação do cadastro o responsável deve procurar a central de atendimento, no novo endereço. O atendimento é feito de acordo com a região onde o beneficiário mora, conforme calendário divulgado em fevereiro. Pelo cronograma, a zona leste foi atendida de 10 de fevereiro a 30 de maio; na zona sul, foi iniciado no dia 02 de junho e vai até 31 de setembro; nas zonas norte e central será de 1º de outubro a 27 de dezembro.

O secretário adiantou que é importante que os dados sejam mantidos atualizados conforme determinação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para evitar bloqueio e posterior cancelamento dos benefícios. Os documentos exigidos para se fazer o recadastramento são os seguintes: CPF, RG (Carteira de Identidade), Título de Eleitor, comprovante de residência, certidões de nascimento dos filhos, Carteira de Trabalho e a declaração escolar de matrícula e frequência dos filhos.


Por Joel Elias | Fotos: Medeiros

Fonte - comunicação pmpv

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.