TIRO DE GUERRA DE VILHENA É INSPECIONADO PELA 12ª REGIÃO MILITAR

A inspeção decorreu durante toda a manhã em Vilhena. No período vespertino, a Comissão realizou as mesmas atividades no Tiro de Guerra de Colorado do Oeste.
Quinta-Feira, 25 de Junho de 2015 - 08:37

Por Fabiana Cortez
da redação do NewsRondônia - Vilhena

O Tiro de Guerra de Vilhena, que em 2015 conta atualmente com a participação de 42 atiradores, recebeu nesta quarta-feira (24) as instruções do general Paulo Sérgio, responsável pela logística em toda a Amazônia Ocidental e Comandante da 12ª Região Militar, localizada em Manaus. O general veio acompanhado por uma comitiva de oficiais para avaliar as condições dos treinamentos, bem como a infraestrutura do local.

A inspeção decorreu durante toda a manhã em Vilhena. No período vespertino, a Comissão realizou as mesmas atividades no Tiro de Guerra de Colorado do Oeste.

Na solenidade de abertura, as boas vindas foram prestadas pelos atiradores, com apresentação oficial da equipe, dentre outras atividades, entre elas o TFM - Treinamento Físico Militar, que acontece duas vezes por semana.

De acordo com o Subcomandante do Tiro de Guerra de Vilhena, subtenente Eduardo Faria, a meta foi manter o ritmo normal de treinamentos para que a Comitiva pudesse sentir como as ações decorrem no dia-a-dia. Durante as atividades, os atiradores executaram ainda a Oração do Guerreiro da Selva.

A unidade de Vilhena existe desde 1999 e a cada ano tem como objetivo formar pelo menos 50 atiradores. São nove meses de treinamento, sendo que as instruções iniciam sempre no mês de março.

Em Rondônia há somente duas unidades do Tiro de Guerra, Vilhena e Colorado do Oeste.

Fonte - NewsRondônia

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.