News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020

LENHA NA FOGUEIRA: FLOR DO MARACUJÁ

No “zap-zap” da Federação de Grupos Folclóricos o chororô é geral, acontece que os dirigentes estão ‘doidim’ com a falta de recursos para finalizarem a montagem de suas apresentações.
Sabado, 20 de Junho de 2015 - 13:26

A partir de hoje 20, faltam dez dias para a abertura da 34ª Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, que vai acontecer entre os dias 1° e 12 de julho no Parque dos Tanques (Expovel). 


No “zap-zap” da Federação de Grupos Folclóricos o chororô é geral, acontece que os dirigentes estão ‘doidim’ com a falta de recursos para finalizarem a montagem de suas apresentações.


Um pede pelo amor de Deus que a Federon abra logo crediário com alguma madeireira, “Pois preciso começar a montar minhas alegorias”. O outro clama pela abertura de convênio com alguma loja especializada em tecido. “Minha Quadrilha não tem nada novo”.


E assim segue a “carruagem” de suplício dos folclorista de Porto Velho. Quero acreditar que os problemas de abertura de crediário com as lojas especializas em produtos juninos já estejam resolvidos pela Federon. O presidente Fernando Rocha e o tesoureiro Severino Castro estavam se virando para conseguir a liberação.


Uma coisa é certa, caso os dirigentes da Federon não cedam às pressões dos dirigentes de grupos folclóricos, que querem que o início do Flor do Maracujá seja adiado por mais uma semana, ou seja, inicie no dia 08 de julho.


Os grupos escalados para se apresentar no dia 1° de julho, vão estar dançando na arena do Parque dos Tanques com toda garra e beleza. Por isso somos de acordo que a data não seja mudada.


Vale lembrar que o governo estadual já está cumprindo sua parte no acordo. Contratou a empresa que vai colocar a estrutura de Tendas, Arquibancada, Iluminação e Sonorização.


A prefeitura já entrou com sua equipe de limpeza no Parque dos Tanques e até a próxima semana, tanto o “Curral” de Dança como a Praça de Alimentação estarão com asfalto.


O Parque já esta todo iluminado, faltando apenas a Eletrobrás/Ceron colocar os transformadores para garantir o funcionamento do Parque de Diversão e da Sonorização.


As Barracas estão sendo comercializadas pela equipe de Coordenação do Flor do Maracujá que montou plantão no local onde vai acontecer a festa.


Tem um detalhe, a procura está bastante. Quem deixar para mais tarde, pode ficar “chupando” o dedo.


São 30 barracas/restaurante medindo 5 X 5; 30 barracas/ambulante medindo 3 X 3. Além disso, estão abertas venda para 5 carrinho de pipoca; 5 de churros; cinco de batata/banana frita e 3 pontos para “Capetas”.


Os preços são acessíveis e com certeza, quem conseguir colocar barraca não vai se arrepender.


Ano passado os barraqueiros de todos os portes vendiam todos seus produtos antes do encerramento das apresentações folclóricas. Foi o Flor do Maracujá de maior sucesso.


A equipe da Federon acredita que este ano vai superar o Arraial do ano Passado. Estamos torcendo.


Daqui a pouco, ou seja, ao Meio Dia estarei apresentando o programa 360 Graus junto com minha parceira Sonia Maria na Rádio Transamazônica FM 105,9. Sintoniza aí parente!

Fonte - Zé Katraca

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.