News Rond么nia Not铆cias de Rond么nia, Brasil e o Mundo

POL蚑ICOS: 70% DOS BRASILEIROS N肙 TEM UM PREFERIDO

Situa玢o se repete com partidos, que, segundo pesquisa, n鉶 despertam nenhuma simpatia em 64% da popula玢o
Quarta-Feira, 10 de Junho de 2015 - 09:52

Um levantamento realizado em 70 cidades do país, pela agência de pesquisas Hello Research, mostrou que 67% não têm nenhum nome de confiança na classe política. Em relação aos partidos, a conclusão é quase a mesma, com 64% dos entrevistados sem simpatia por legenda alguma.

Entre os políticos citados, a presidente Dilma Rousseff foi a mais lembrada, com 7% da preferência e seu antecessor, Luís Inácio Lula da Silva (PT), aparece na segunda posição, com 6%. Marina Silva e Aécio Neves, ambos derrotados na última eleição presidencial, vêm nas posições subsequentes com 5% e 2%, respectivamente.

O PT é o partido que possui mais simpatizantes, com 14% dos entrevistados. A segunda posição é do PMDB, com 4%, e o PSDB é o terceiro, com 3% - os dois últimos são mais fortes na região Norte e Centro-Oeste.

Para a cientista política Jacqueline Quaresemin, a situação política atual, mesmo que pautada por inúmeras denúncias de corrupção, é importante para discutir a sociedade brasileira.

“Entendo o momento como muito rico, seja porque os partidos estão tendo que rever suas posturas diante dos cidadãos e as pessoas estão acompanhado mais a política”, afirma. É uma democracia nova, recente. A gente tem que cuidar muito, apostar alguma coisa, porque senão fica sem saída. As lideranças (políticas) estão queimadas.”

O também cientista político Aldo Fornazieri ressalta que, para mudar o quadro de desilusão do brasileiro com a política é preciso mudanças estruturais.

“Os partidos dependem cada vez menos da sociedade. Se nós fizermos estruturas partidárias fortes, temos que criar mecanismos que permitam uma interação maior entre partidos e sociedade, não entre partidos e empresas, e não entre os próprios partidos e o Estado”, argumenta, ao falar sobre a aprovação pela Câmara do financiamento empresarial a partidos, que considera nocivo.

Fonte - BAND
Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.