News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

ROUBALHEIRAS, FALCATRUAS, HORROR: É O MUNDO EM TRANSE...

Não são só roubos, furtos e atos de vandalismo contra escolas, tanto em Rondônia como em outras regiões do país. Agora, os bandidos estão entrando nas salas de aula, durante o período de estudo e fazendo arrastões.
Quinta-Feira, 04 de Junho de 2015 - 16:37

A podridão que toma conta de parte do mundo. No Ocidente com uma sucessão inacreditável de roubalheiras e falcatruas (a última foi a que envolveu os donos do futebol mundial, na FIFA) e no Oriente a trágica violência implantada nos países árabes pelos radicais (foto), que querem a volta do barbarismo, É isso que deixa grande parte da Humanidade de cabelos em pé. Nas democracias, castas de corruptos tomam conta dos cofres e do dinheiro público, impedindo que haja uma justa distribuição de renda e que serviços essenciais de qualidade cheguem até os pagadores de impostos. No Brasil, onde nunca tivemos tantos roubos e tantos corruptos denunciados (Mensalão, Petrolão, dinheiro de campanhas políticas e os desvios no BNDES, que ainda nem começaram a ser esclarecidos), o caso é muito mais grave. Paga-se o maior pacote do mundo em tributos e recebe-se serviços ridículos em troca. Os governos eleitos não conseguem dar conta das necessidades do povo e muitos deles chegam ao poder renegando o que prometeram em suas campanhas. No Brasil há o exemplo clássico, mas em toda a América Latina também, com raras exceções. Já o Estado Islâmico prega apenas o horror. Não tem qualquer rumo claro, a não ser o domínio pelo medo. Dos dois lados do mundo, as esperanças estão cada vez menos positivas, pelas crises, pela corrupção, pelas guerras, pelo medo. 

Abaixo da linha do Equador ainda há alguns pequenos sinais de um futuro menos negativo. Os próprios brasileiros, que entraram na crise econômica, ainda acham que podem sair dela com o mínimo de danos possíveis. O problema do Brasil hoje nem é tanto essa questão, mas o é a violência que nos domina e para a qual nossos governantes fecham os olhos. No mundo inteiro, as tragédias se sucedem. Estamos indo, como raça humana, de mal a pior, infelizmente!

QUEM PAGA A CONTA?

Mais um feriadão chegou. Hoje é feriado de Corpus Christi, mais um entre tantas datas religiosas em que o país para durante as comemorações. Claro que no Brasil, feriado em quinta quer dizer que o retorno ao trabalho só será na segunda, ao menos para o funcionalismo, que tem o tal ponto facultativo, como se alguém escolhesse trabalhar, mesmo não precisando. As empresas privadas têm que dar duro, porque se não o fizerem, no final do mês não terão dinheiro para pagar seus funcionários e os múltiplos impostos. Ou seja, a iniciativa privada dá duro para sustentar também tantos feriadões do funcionalismo. Lamentável!

TOQUE DE RECOLHER

Foi grande o número de pessoas que participou, na semana passada, da grande passeata de protesto na zona leste. O pessoal do Ulysses Guimarães e outras áreas próximas já não aguenta mais a violência que assola a todos, causada por bandidos que agem livremente e, muitas vezes, em plena luz do dia. A falta de segurança na região foi um dos motes principais da manifestação, que promete ser só a primeira de uma série. Os moradores agora estão preocupados com outra decisão dos criminosos. Eles decretaram o toque de recolher. E ai de quem não cumprir! Uma vergonha!

ENXUGAR GELO

Pela 134ª vez (é um exagero, mas exatamente para dizer que não resolver nada), a polícia rondoniense perdeu tempo em tentar acabar com o comércio de DVDs e CDs piratas, vendidos em vários pontos da Capital. Houve detenções, recolhimento do milhares de produtos pirateados, principalmente na área central. Promete-se ações semelhantes nos bairros, onde também abundam os ambulantes ilegais. Não terá fim esse combate à pirataria. Fecha-se um ponto no dia e abrem outros cinco em outro local. O comércio ilegal ambulante está funcionando até na portas deas lojas, aquelas que pagam imensos impostos e não têm qualquer retorno.

ENSINANDO A ROUBAR

Não são só roubos, furtos e atos de vandalismo contra escolas, tanto em Rondônia como em outras regiões do país. Agora, os bandidos estão entrando nas salas de aula, durante o período de estudo e fazendo arrastões. Em João Pessoa, na Paraíba, criminosos entraram nas salas enquanto ocorria a aula normal. Armados, ameaçavam matar as crianças (um menino de onze anos teve a arma colocada na sua cabeça e, certamente, jamais se recuperará do desespero que passou), bateram em professoras e levaram perto de 80 celulares dos alunos. Pânico geral. Audácia total dos criminosos, pelo menos dois deles "dimenor". Segurança: nenhuma!

ASSALTO NO BANCO

Dentro da nova filosofia de algumas instituições e bancos de raspar o bolso do contribuinte de todas as formas possíveis, a Caixa Federal inventou mais uma vergonhosa forma de arrancar grana dos pobres depenados que lá vão buscar seus serviços. Um consumidor foi retirar o bloqueto para pagamento da prestação do seu apartamento (já que o documento sempre chega com atraso em seu endereço, impossibilitando-o de fazer o pagamento na data correta) e tentaram lhe arrancar 5 reais e 10 centavos, a título de "taxa". O consumidor, bem informado, estrilou e a quantia não lhe foi cobrada, depois que ele fez um escândalo na agência. Uma vergonha!

PERGUNTINHA

Até onde vai o escândalo que escancarou o Padrão Fifa de roubalheira e corrupção?

Fonte - sergio pires
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.