MISS肙 SANTA MARCELINA REDUZ TEMPO DE ESPERA POR CIRURGIAS PELO SUS EM ROND訬IA

Uma equipe de mais de 50 pessoas est鉶 envolvidas na a玢o, que al閙 da realiza玢o dos procedimentos cir鷕gicos contar tamb閙 com um atendimento diferenciado e humanizado.
Quinta-Feira, 04 de Junho de 2015 - 10:28

O Projeto Missão Santa Marcelina Rondônia, com a participação de 15 profissionais da Saúde, Voluntários da Casa de Saúde Santa Marcelina de São Paulo, se propõe a  realizar   50 cirurgias  em crianças e adultos em 4 dias do mutirão.

Entre os dias 03 e 06 de junho no Hospital Santa Marcelina acontece a   2ª edição da Missão Santa Marcelina Rondônia -  ação humanitária  que conta com a experiência de trabalhos voluntários já realizados em Benin – África, organizados e motivados pela vibrante empolgação e dedicação da Dra. Irmã Monique Bourget.

Segundo  a Enfermeira Carla F. Gomes, gerente técnica do Santa Marcelina de Porto Velho este mutirão tem por objetivo desafogar a fila de espera por cirurgias no Sistema Único de Saúde.

“Em 2014, motivados também pelos estragos causados pela enchente do Rio Madeira, foi organizada a primeira missão. Naquela edição foram realizados atendimentos médicos ambulatoriais em Alto Paraíso e Porto Velho. Para 2015, otimizando o potencial  e expertise em cirurgias  do grupo de voluntários, convocou-se pacientes da lista de espera por cirurgias.”

Um grupo de 22 pacientes já estão internados para os preparativos pré -cirúrgicos, entre eles Mayara da Silva, de apenas 02 anos. Segundo Rosilene Ferreira  da Silva, 25 anos, funcionária pública, moradora da zona Rural de Machadinho do Oeste e mãe de Mayara, este mutirão será a grande oportunidade para realizar a tão esperada cirurgia.

“ Desde que a Mayara nasceu lutamos contra uma forte anemia e por isso ela não podia fazer a cirurgia. Justamente agora que ela melhoru, apareceu esse mutirão. Foi uma graça de Deus.” Afirmou Rosilene Ferreira.

Para Leonília Tavares do Nascimento, 36 anos, moradora de Porto Velho e mãe do pequeno Tiago Tavares de 02 anos a Missão Santa Marcelina Rondônia, também será um alívio.

“Fiquei muito alegre quando recebi a notícia sobre a missão. Estamos esperando desde setembro de 2014, e eu queria mesmo fazer a cirurgia aqui no Santa Marcelina, pois gosto muito do atendimento deste hospital, aqui é tudo muito limpo e organizado.”

Uma equipe de mais de 50 pessoas estão envolvidas na ação, que além da realização dos procedimentos cirúrgicos contará também com um atendimento diferenciado e humanizado.

“Durante esses quatro dias teremos muitas crianças no hospital e, preocupados com a saúde delas e a ansiedade dos pais, organizamos uma séria de atividades de humanização como brincadeiras, apresentação de teatro e música.” Completou Carla Gomes.

Irmã Lina, diretora do Hospital ressalta o sofrimento enfrentado pelas crianças e familiares durante a espera na fila e lembra os desafios enfrentados pelo hospital para realização dessa ação.

“A lista de espera por cirurgias, sobretudo pediátricas, é um pesadelo para os pais e um sofrimento para as crianças. O mesmo também acontece em muitas especialidades, com possibilidade de complicações, agravos e muito sofrimento para os adultos. Este mutirão de cirurgias, assim como, o que acontecerá novamente em dezembro deste ano – Cirurgias de lábio leporino, é para nós, uma benção divina que vem trazer esperança, saúde e melhora da qualidade de vida a muitas pessoas. Além de contar com a atuação voluntária das equipes de saúde e dos funcionários do hospital, queremos convocar também a sociedade e as pessoas de bem, a fazerem parte desta missão, dando a sua contribuição para custear as despesas da viagem. Desta forma o bem se irradia e se multiplica e Deus abençoa através do brilho nos olhos e do sorriso das pessoas e famílias beneficiadas.”

Além do cirurgião pediatra a equipe de São Paulo trouxe também cirurgião geral, clinico geral, anestesiologista e acadêmicos de medicina.

Fonte - Wania Evangelista/Santa Marcelina

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.