POLÍCIA MILITAR REALIZA CURSO DE ADAPTAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO DE SAÚDE

Entre os alunos do curso estão filhos de policiais militares e praças que ainda estão incorporados na instituição.
Terça-Feira, 02 de Junho de 2015 - 17:21

Um grupo formado por 20 profissionais graduados em áreas como medicina, odontologia e assistência social iniciou, nesta segunda-feira (1), o curso de Adaptação de Oficiais do quadro de saúde da Polícia Militar de Rondônia. Durante quatro meses eles serão instruídos em diversas disciplinas e serão avaliados. Os aptos participam também do projeto de prevenção à saúde dos policiais, segundo anunciou o comandante geral da corporação, coronel Luiz Fernando Brum Prettz.

Entre os alunos do curso estão filhos de policiais militares e praças que ainda estão incorporados na instituição. Eles participaram de concurso e foram aprovados para a formação que acontecerá na Diretoria de Ensino da Polícia Militar.

Segundo o coronel Prettz, a apresentação dos alunos, que aconteceu durante formatura na sede da Diretoria de Ensino da PM, é um momento especial. Como o quadro não era renovado há 20 anos, o reforço será utilizado, segundo o comandante da corporação, para melhorar e desenvolver projetos relacionados à saúde preventiva do policial militar. “O foco agora é a prevenção das doenças”, esclareceu.

O coronel Prettz acentuou que o início da formação para oficiais nos quadro da saúde da PM é uma conquista. Segundo ele, o reforço só foi possível em razão da sensibilidade do governador Confúcio Moura, que compreendeu a necessidade da PM e autorizou o concurso.

O coronel Clairton Pereira da Silva, diretor de Ensino da PM, disse aos alunos que todos são bem-vindos e que haverá empenho em transmitir o conteúdo do curso. Ele pediu entusiasmo e compromisso dos futuros oficiais e explicou que estarão sujeitos às regras da administração policial militar.

Segundo Clairton, após formados, os novos oficiais da área de saúde serão lotados em cidades-pólo, como Vilhena, Ji-Paraná e Porto Velho, na juntas militares de saúde. Eles terão aulas de administração policial militar, ordem unida, tiro policial, treinamento físico-militar, disciplinas específicas do quadro de saúde e instruções de sobrevivência na selva.

A formação tem carga horária a ser cumprida e exige assiduidade dos alunos. Eles serão avaliados em cada disciplina e deverão alcançar índice mínimo de 60 pontos, além de provas práticas. Os que não alcançarem estas metas serão desligados do curso.

O curso tem duração de quatro meses. Ao final deste período, os que forem considerados aptos e concluírem todo o programa serão declarados oficiais da PM no posto de primeiro-tenente do quadro de saúde.

Fonte - DECOM

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.