SENEPOL NOVA VIDA INICIA PROJETO PIONEIRO EM ST. CROIX, NAS ILHAS VIRGENS

Em breve, criadores no mundo inteiro tero acesso a uma das mais tradicionais famlias da raa Senepol. Isso porque a Senepol Nova Vida, que h quase dois anos estabeleceu uma filial em Okeechobee (Flrida/EUA).
Terça-Feira, 02 de Junho de 2015 - 11:23

Em breve, criadores no mundo inteiro terão acesso a uma das mais tradicionais famílias da raça Senepol. Isso porque a Senepol Nova Vida, que há quase dois anos estabeleceu uma filial em Okeechobee (Flórida/EUA), acaba de selar uma parceria inédita com a Estação Experimental Agrícola da Universidade das Ilhas Virgens (AES-UVI, sigla em Inglês) no rebanho original da marca CN (Castle Nugent Farms). Essa linhagem pioneira foi desenvolvida pela Família Gasperi, na década de 60, em St. Croix. Paralelamente, a Senepol Nova Vida adquiriu mais 20 novilhas e 2 genearcas CN que serão exportados para os Estados Unidos.

Com a finalidade de buscar uma genética exclusiva, João Arantes Neto, diretor da Senepol Nova Vida, visitou, em maio, a antiga fazenda da Castle Nugent Farms, na parte leste da Ilha, e também as instalações da AES-UVI, onde estão os últimos exemplares do plantel original desta rara linhagem. “Sem grande alarde, fizemos uma reunião com Robert Godfrey, diretor da universidade, e firmamos essa parceria inédita no Senepol CN a ser desenvolvida na própria Ilha de St. Croix”, informa Neto.

Oficialmente, a Senepol Nova Vida é detentora deste patrimônio vanguardista único, e agora com filial nas Ilhas Virgens, berço do Senepol no mundo. Neto e o irmão Ricardo Arantes afirmam que, de agora em diante, promoverão e perpetuarão a genética e a marca CN pelo mundo, em conjunto com a AES-UVI.

Em 2007, a Família Gasperi doou seu rebanho Senepol CN para a universidade, transformando-os em ferramentas de pesquisa e tecnologia mais apuradas. “Há quase uma década, permanecem no programa de seleção desta instituição, extremamente criterioso, apenas animais comprovadamente eficientes e produtivos”, comenta Neto.

Pioneira no Brasil, a Senepol Nova Vida multiplicará essa genética remanescente (cerca de 60 doadoras) com apoio da equipe do Dr. Robert Godfrey. “Compartilharemos esse tesouro genético internacionalmente a partir do final de 2015, por meio da comercialização de embriões e doses de sêmen”, finaliza o diretor da Senepol Nova Vida.

Fonte - ASSESSORIA

Comentários

News Poltica

News Polcia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.