FINAL DO FESTIVAL MANIFESTO DE HIP HOP SERÁ NESTE SÁBADO NO PARQUE DA CIDADE

o festival de Hip Hop que a Prefeitura de Porto Velho realiza como o objetivo de congregar a “galera” que se identifica com esse gênero musical e de dança de rua.
Sexta-Feira, 29 de Maio de 2015 - 13:54

Será neste sábado, 30, no Parque da Cidade, a final do “Manifesto Circuito”, o festival de Hip Hop que a Prefeitura de Porto Velho realiza como o objetivo de congregar a “galera” que se identifica com esse gênero musical e de dança de rua. Oito finalistas estão na disputa concorrendo às premiações ofertadas pela prefeitura.

Projeto desenvolvido pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Juventude (CMPPJ), o festival manifesto teve quatro eliminatórias onde foram selecionados os participantes da etapa final. Na avaliação do coordenador da CMPPJ, Bruno Eduardo, já nessa primeira edição o festival manifesto foi um sucesso.

“Conseguimos por meio do evento congregar os jovens que gostam do hip hop e essa era, realmente, a finalidade do festival quando da fase de elaboração do projeto. E isso se reveste em um fato importante porque esses jovens estavam dispersos, sem apoio para manifestar essa arte que está dentro deles. Mas com as políticas públicas implementadas pelo prefeito Mauro Nazif, eles agora têm um parceiro na Coordenadoria da Juventude”, afirmou.

Bruno Eduardo também destacou a parceria feita com a Fundação Municipal de Cultura (Funcultural). “Sem dúvida, se a Funcultural não abraçasse a causa, seria muito difícil realizar o festival. Mas, felizmente, o presidente Marcos Nobre, encampou a ideia assim que apresentamos o projeto a ele colocando a instituição à disposição da coordenadoria naquilo que precisássemos”, reconheceu.

Para ele o apoio da Funcultural foi muito importante para que a coordenadoria pudesse tirar do papel o projeto. E adiantou que a parceria não vai parar por aí, terá desdobramentos em outras ações voltadas a de criar alternativas de cultura e lazer à juventude porto-velhense.

O movimento

Hip Hop é um gênero musical fundado na década de 1970 pelo DJ norte-americano Afrika Bambaataa (nome artístico de Kevin Donovan) que uniu sons de vários estilos musicais diferentes, como o Funk, música eletrônica e o canto falado típico do Rap.

Surgiu em Nova Iorque nas comunidades negras e latinas, como uma forma de extravasar os sentimentos de uma classe marginalizada que vivia em verdadeiros guetos onde a violência era muito grande. A partir daí, tornou-se mais que um gênero musical e passou a ser uma manifestação cultural, sob as formas artísticas também da dança, da pintura e da poesia.

“Hip” tem o significado de algo moderno, que está acontecendo na atualidade  e o “Hop” é um movimento de dança. A cultura Hip Hop foi assim chamada pela primeira vez em 1978 e seria uma forma de onomatopeia para imitar a cadência da marcha de soldados, de uma maneira jocosa; um grupo composto por um DJ, responsável pela batida, e um rapper, que fazia a poesia e passou a ser chamado de “hip-hoppers”. A primeira pessoa a designar a música Hip Hop como tal foi Lovebug Starski.

O Hip Hop não é apenas um estilo musical, ele representa toda uma cultura que também engloba o rap (rhythm and poetry – ritmo e poesia), técnica em que o canto tem rítmica, mas se aproxima mais do falar propriamente do que do cantar; o DJ (disc jockey), o artista que une os diferentes sons criando a batida do Hip Hop; a breakdance, o estilo de dança de rua que nasceu com o Hip Hop; e o grafite, estilo de arte urbana feita em espaços públicos originalmente não destinados a isso.

A dança que tipicamente acompanha o Hip Hop nasceu junto com o estilo musical e sua cultura. É uma dança praticada na rua que contém como principais estilos o: breakdance, o locking e o popping. A dança guarda uma diferença essencial em relação a outros tipos de dança que é a presença do freestyle. São muito comuns também as competições de freestyle, formais ou informais, que ocorrem num espaço circular chamado cipher.

Fonte - Comunicação PMPV

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.