News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

SÉRGIO MELLO NA VISÃO DE UM TELESPECTADOR

Como uma pessoa pública, sei que Sérgio Mello mantinha sua vida pessoal reservada, pois apenas os mais próximos podem se orgulhar de ter conhecido detalhes da personalidade do apresentador, que foi graciosamente descrito por um companheiro de trabalho como “um administrador de tempestades”.
Quinta-Feira, 28 de Maio de 2015 - 11:23

Não tive o privilégio de ser amigo ou companheiro de trabalho do jornalista e radialista Sérgio Mello. Nem mesmo o conheci pessoalmente. Mas, enquanto telespectador, o via quase todos os dias em sua elogiável performance apresentando o RO Record.

O que sempre me impressionou foi o fato de um homem culto, com elevada carga de experiência, se deixar nivelar-se com jovens iniciantes que dividiam com ele a apresentação do programa diário. Era notável que se sentiam seguros e apoiados pelo “Dinossauro da Comunicação”.

Como uma pessoa pública, sei que Sérgio Mello mantinha sua vida pessoal reservada, pois apenas os mais próximos podem se orgulhar de ter conhecido detalhes da personalidade do apresentador, que foi graciosamente descrito por um companheiro de trabalho como “um administrador de tempestades”.

Para amigos e colegas, Sérgio era uma pessoa que sempre demonstrava paz e tranquilidade mesmo nas adversidades; um profissional centrado, sério, “de bem com a vida”, comprometido com o trabalho, que acreditava nas pessoas, e que estava sempre pronto a apoiar a quem estava disposto a aprender.

O jornalista Léo Ladeia – outro Dinossauro - revelou que Sérgio Mello somou bastante na sua vida, pessoal e profissional. “Ele me apoiou no início da minha experiência no rádio, e na convivência com e ele a gente aprendia muito sobre simplicidade”, disse Ladeia na TV. E numa outra oportunidade também declarou: “Sérgio tinha muito amor no coração, por isso o coração dele não aguentou...”.

Durante o velório do jornalista, o prefeito de Porto Velho Mauro Nazif destacou Sérgio Mello como um profissional pautado pela ética e pelo respeito. “Respeito” no jornalismo é um assunto que o prefeito fala com propriedade. Ele que vem sendo alvo de constantes ataques por parte de jornalistas dos mais diversos segmentos da mídia rondoniense.

É claro que a crítica é um instrumento necessário no exercício da comunicação. E o motivo precede a crítica. Mas, quem falou que o ato de criticar nos dá o direito a desrespeitar as pessoas, quaisquer que sejam?

ÉTICA E RESPEITO CERTAMENTE FORAM PRINCÍPIOS QUE NORTEARAM A VIDA DE SÉRGIO MELLO.

O jornalismo perde, e nós, os telespectadores, lamentamos.

O autor, Lucas Tatuí, é jornalista e assessor sindical.

Fonte - Lucas Tatuí
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.