“NÃO TEMO QUALQUER INDICIO DA PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO FRANCO NOS CRIMES INVESTIGADOS” DECLARA DELEGADO EM COLETIVA

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira 27 de maio, o delegado Arismar Araújo responsável pela operação 'Detalhe' deflagrada no município de Cacoal no início deste mês, reafirmou que o Prefeito Franco Vialetto não foi citado no processo e que não houve qualquer menção do chefe do executivo durante as investigações.
Quarta-Feira, 27 de Maio de 2015 - 15:38

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira 27 de maio, o delegado Arismar Araújo responsável pela operação 'Detalhe' deflagrada no município de Cacoal no início deste mês, reafirmou que o Prefeito Franco Vialetto não foi citado no processo e que não houve qualquer menção do chefe do executivo durante as investigações.

“Não temo qualquer indicio da participação do Prefeito Municipal nos crimes investigados, por isso não foi necessário fazer a oitiva”, disse Arismar. A declaração do delegado ratifica o despacho do Juiz responsável pela investigação da operação ao despachar os requerimentos do Ministério Público, quando afirma que não houve a participação de Franco.

Como forma de manter a transparência das atividades desenvolvidas em sua administração, o prefeito protocolou no dia 18 de maio no Ministério Público do Estado de Rondônia documento no qual se coloca a disposição da Procuradoria do Estado para que sejam prestados quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessário. Tendo em vista o envolvimento, dentre outros, do processo de licitação pública da contratação da empresa para construção da Unidade de Pronto Atendimento do Município (UPA) nas investigações, o Prefeito protocolou na Controladoria Geral da União em Brasília um pedido de auditoria ou inspeção minuciosa em caráter de urgência para verificar se houve ou não pratica ilegal no processo, para que caso haja os responsáveis sejam penalizados.

Como declarou em entrevista coletiva dentre outras providências, Franco  informou que todos os servidores envolvidos na operação foram exonerados de seus cargos.  “O povo nunca foi um detalhe para mim. Sempre foi e sempre será a minha razão de vida”, afirmou.

Fonte - Assessoria de Comunicação

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.