News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

MAIS DE 300 FAMÍLIAS DE ARIQUEMES RECEBEM A CHAVE DA CASA PRÓPRIA DOS PROGRAMAS MORADA NOVA E MINHA CASA, MINHA VIDA

“Amei. Minha casa é um palácio”. A expressão de felicidade é de Elaine França da Silva a primeira a receber das mãos do governador Confúcio Moura as chaves de casa do Residencial Feliz Cidade, em Ariquemes, nesta sexta-feira (22).
Sabado, 23 de Maio de 2015 - 09:27

“Amei. Minha casa é um palácio”. A expressão de felicidade é de Elaine França da Silva a primeira a receber das mãos do governador Confúcio Moura as chaves de casa do Residencial Feliz Cidade, em Ariquemes, nesta sexta-feira (22).

O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, desenvolvido em parceria com o governo de Rondônia, por meio do Programa Morada Nova, e da prefeitura de Ariquemes, tem por objetivo diminuir o déficit habitacional, beneficiando as famílias de baixa renda, principalmente idosos, portadores de necessidades especiais e mães solteiras.

É o caso de Paulo Venâncio e Cléia Brito que estão casados há 10 anos e têm dois filhos, ele é deficiente visual. A família morava de favor em uma casa nos fundos de uma igreja. Paulo disse que agora vai morar com a família com dignidade, pois esperou 10 anos para ter a casa própria. Para completar ainda mais a felicidade da família, o empresário da empreiteira que construiu o Residencial Feliz Cidade doou a mobília da casa. “Meu Deus! Geladeira novinha, máquina de lavar roupa, televisão fininha, moderna, é um sonho”, afirma a autônoma Cléia Brito.

Thaynara Iraci Silva de Oliveira, de 19 anos, é mãe solteira de três filhos um de cinco e outro de dois anos e uma menininha de quatro meses. Ela não tem renda fixa e paga R$ 300 de aluguel. Ao receber a chave da casa, saiu apressada rumo ao seu novo endereço, “Vou mudar amanhã mesmo, estou realizando um sonho, agora tenho um teto para criar meus filhos”, disse.

O governador Confúcio Moura ressaltou a importância do projeto habitacional na vida das famílias mais humildes e pontuou a qualidade com que o conjunto residencial foi construído, destacando o asfalto, calçada, gramado, energia elétrica, esgoto sanitário. Todas as casas têm placa de energia solar, que irá garantir água quente no chuveiro, gerando economia na conta de energia.

Confúcio Moura também disse que quando o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, esteve em Rondônia anunciou que em setembro o governo federal irá lançar o programa Minha Casa, Minha Vida III, onde deverão ser construídas três milhões de unidades habitacionais em todo o país e que aproveitou para reivindicar mais 20 mil unidades para Rondônia, “Se isso acontecer, Ariquemes deverá ser beneficiada com aproximadamente três mil unidades”, destacou o governador.

Rondônia ficou mais de duas décadas sem investir em programas habitacionais, nos últimos quatro anos o governo do estado está construindo 20 mil unidades. “Vamos entregar muitas casas nos próximos meses, temos Rolim de Moura, Ji-Paraná e tantos outros municípios”, afirmou Moura.

O superintendente nacional do Programa de Habitação da Regional Norte/Centro Oeste da Caixa Econômica Federal, Wilson Bernardes Alves, veio de Brasília para a cerimônia de entrega das casas. Ele pediu para as famílias cuidarem dos imóveis e para que paguem as parcelas, que são simbólicas, pois variam de R$ 25 a R$ 80 por mês.

O prefeito de Ariquemes, Lourival Amorim, agradeceu a parceria do estado no projeto e anunciou a duplicação e pavimentação da avenida que passa em frente ao residencial. O secretário-adjunto da secretaria de Assistência Social (Seas), Marcio Felix, disse que o governo do estado não tem medido esforços para concluir e entregar as unidades habitacionais em todo estado a exemplo do que está acontecendo em Ariquemes, fazendo a diferença na vida de milhares de pessoas, que muitas vezes não tem onde morar.

Fonte - DECOM/GOV-RO
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.