News Rond么nia Not铆cias de Rond么nia, Brasil e o Mundo

ROND訬IA E O AGRONEG覥IO: CRESCENDO COMO A CHINA

E Rond鬾ia est na vanguarda do agroneg骳io, com n鷐eros altamente positivos.
Quinta-Feira, 21 de Maio de 2015 - 08:54

Graças ao agronegócio, chega-se com facilidade à conclusão de que, não fosse a riqueza que produzimos nas lavouras e nos campos onde criamos gado, nosso país estaria numa situação muito  mais difícil do que está. Mesmo com os discursos idiotas dos idiotas, os que demonizam a produção rural, vamos cada vez num rumo mais sólido neste setor vital para nosso desenvolvimento. E Rondônia  está na vanguarda do agronegócio, com números altamente positivos. Prova disso é que, graças à agropecuária, vamos fechar o ano de 2015 com um crescimento do BIP entre 5% e 5,5%, enquanto o Brasil, como um todo, está rezando para ficar apenas em 1,2 do PIB negativo. Ou seja, podemos crescer quase 7% acima da média nacional, percentual só equiparado ao gigante chinês. Nosso rebanho chega a 12 milhões e 750 mil cabeças. Crescemos nos últimos dois anos 6,25% em números absolutos, sem precisar fazer mais derrubadas. Estamos potencializando o uso do mesmo espaço, para ampliar o rebanho e sua qualidade. Nossa carne já é exportada para 35 países. Esse número pode duplicar em breve, já que estamos em negociações avançadas com a União Europeia, o que representaria mais 34 países clientes, usufruindo da produção dos nossos frigoríficos.  

Temos entre 95 mil e 100 mil pequenos produtores, plantando de tudo. Hoje, se necessário, Rondônia poderia viver apenas do que produz, sem importar absolutamente nada de outros Estados ou outros países. Da banana à carne de primeira; do café à banana; das frutas típicas da Amazônia ao tomate de qualidade; do leite aos seus derivados: aqui produzimos de tudo. Por isso, mais que nunca é fundamental a Rondônia Rural Show,  que começa na próxima semana em Ji-Paraná. É uma feira gigantesca, mas, melhor de tudo, é um resumo da grande riqueza do agronegócio rondoniense.

HOTÉIS LOTADOS

Por falar em Rondônia Rural Show, algumas informações: já estão confirmados em torno de 260 expositores. Outros 100 estão numa longa fila de espera, tentando conseguir algum espaço, no Parque de Exposições de Ji-Paraná, para mostrar seus produtos. Nessa quarta, uma semana antes de começar a feira, havia apenas uma vaga em todos os hotéis de Ji-Paraná. Os de Ouro Preto e Jaru, segundo se ouve, já estão todos lotados para os dias da exposição. Estado e Prefeituras vão colocar dezenas de ônibus a disposição dos produtores de todas as cidades, para participarem do evento.

OUTRO TIM LOPES

Mais um jornalista foi brutalmente assassinado pelo crime organizado. Depois do repórter da Globo, Tim Lopes, agora foi a vez do mineiro Evany José Metzker, de 67 anos, repórter investigativo em Minas Gerais. Tim foi queimado pelos bandidos, num dos morros do Rio, quando preparava uma reportagem sobre exploração sexual de menores por traficantes,. No caso de Evany, ainda não se sabe que tipo de crime ele tentava esclarecer, porque foi trucidado e decapitado pelos bandidos antes de concluir seu trabalho. E ainda há jornalistas que defendem os criminosos e querem o fim da polícia. Arghhhh!!!

O TEMPO SE ESGOTA

Prefeito Mauro Nazif e sua turma estão correndo contra o tempo. Depois de um período chuvoso que entrou maio adentro (na verdade, parece que ainda não terminou), a Prefeitura lança várias frentes de trabalho, para recuperação de avenidas e ruas e também em bairros importantes da Capital. Será o penúltimo verão que Nazif terá para agradar a população e mostrar que veio para transformar Porto Velho, como prometeu na campanha. No ano que vem, o verão chega no início da campanha eleitoral e termina logo depois da eleição. Ou seja, esses próximos meses serão vitais para os planos de reeleição de Nazif.

PAPO FURADO

Surge nas redes sociais um professor, como seu fosse o dono da verdade, petulante e anunciando que se alguém não entendeu, vai desenhar o porquê não se deve mexer na maioridade penal. É o mesmo papo furado de sempre. Defende que menores continuem impunes e que o Estado os assuma, como se esse sonho um dia vá se tornar realidade. Claro que o tal sabichão nunca teve ninguém da sua família morta por um "dimenor". Nem sua filha estuprada. Nem seu filho em cadeira de rodas, nem sua mãe morta e trucidada. Defender ideologias sem sentir na pele o que os outros sentem, é moleza. E ainda há quem dê crédito a esse tipo de gente.

DORMINDO EM HOTÉIS

Contam como verdade: várias autoridades enroladas até o pescoço com malfeitos, andaram dormindo em hotéis nos últimos dias. Uma intensa boataria de que haveriam operações da Polícia Federal, da Polícia Civil e do Ministério Público - tanto estadual quanto federal - deixou muito sujeito com a consciência pesada, também de cabelos em pé. Com medo de acordar com a polícia na sua porta, é o que as fofocas dizem, houve quem preferiu os confortáveis apartamentos de hotéis, na Capital e interior, para não correr o risco de andar algemado pela vizinhança. Até ontem, não houve nenhuma nova ação do MP e polícias.

PERGUNTINHA

Como um servidor público, com salário apenas razoável, pode estar planejando comprar uma fazenda em Goiás, tão logo termina o mandato do seu chefe, na Prefeitura de Cacoal?

 

Fonte - S蒖GIO PIRES
Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.