POL虲IA MILITAR MUDA ESTRAT蒅IA DO POLICIAMENTO COMUNIT罵IO EM PORTO VELHO

Nenhuma Base de Policiamento Comunit醨io foi fechada em Porto Velho. A informa玢o do coronel 蕁edy Dias de Ara鷍o, coordenador regional de policiamento da Pol韈ia Militar.
Terça-Feira, 19 de Maio de 2015 - 16:21

Nenhuma Base de Policiamento Comunitário foi fechada em Porto Velho. A informação é do coronel Ênedy Dias de Araújo, coordenador regional de policiamento  da Polícia Militar. Ele explica que, a partir de agora, as bases servem apenas de ponto de apoio aos policiais de plantão.

“Se o prédio estiver fechado é porque os policiais estão fazendo ronda ostensiva pelas ruas do bairro”, diz o oficial. Ele assumiu o setor no dia 2 de março e promoveu mudanças na metodologia de trabalho nas Bases de Policiamento Comunitário (BPC) para melhor atender a comunidade.

O coronel Ênedy tem vasta experiência no policiamento comunitário, pois já comandou os batalhões da PM nas cidades de Ji-Paraná, Jaru e Ariquemes. Sob sua jurisdição estão os municípios de Porto Velho, Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste, Nova Mamoré e Guajará-Mirim.

Segundo o militar, foram feitas mudanças operacionais que afetaram as Bases de Policiamento Comunitário. Com as alterações, o policial deixa de fazer o trabalho estático reativo, em que só intervém depois que o crime acontece. Agora, atua mais na forma preventiva, evitando que o delito aconteça. “Tiramos o policial que cumpria o plantão dentro da base e o colocamos na rua, numa atividade de prevenção. Sua presença na rua irá inibir o crime e dará maior proteção ao cidadão”, afirmou o coronel.

A nova metodologia faz com que os policiais passem 20 minutos percorrendo o bairro num veículo. Ao final deste tempo, a equipe retorna para a base, onde permanece o mesmo período. A operação se repete até que seja concluído o plantão de 12 horas.

190

O coordenador explica se acontecer algum fato que necessite da presença da PM, o cidadão deve ligar para o número 190 que a ocorrência será atendida por uma patrulha. A equipe da ronda móvel preventiva não pode se ausentar o bairro onde fica a base de apoio.

Em Porto Velho existem cinco Bases de Policiamento Comunitário, que estão localizadas nos bairros Caladinho, Cohab Floresta, 4 de Janeiro (Crato), Jardim Santana e Terminal Rodoviário. Segundo o coronel Ênedy, a Companhia de Operações Especiais (COE), que tem sede no bairro Cohab, também funciona como uma BPC, pois tem plantão 24 horas e atende a comunidade em suas demandas. As bases funcionam 24 horas por dia.

Fonte - Decom/Gov-ro

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.