O SIL蔔CIO DO PADRE TOM TEM SIDO ENSURDECEDOR, AFIRMA MARIA SIM誆S

Ela frisou ainda que por diversas vezes informou ao Padre Ton sobre a situa玢o de Cacoal, solicitando inclusive reuni鮡s, por閙 sempre foi ignorada.
Terça-Feira, 19 de Maio de 2015 - 09:24

Na noite desta segunda feira, 18 de maio, a vereadora Maria Simões criticou fortemente durante o seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Cacoal, a postura do presidente estadual do PT, Padre Ton, em relação à operação Detalhe em Cacoal. Ela foi enfática ao cobrar que o presidente se pronuncie sobre o caso.

“Muito me admira uma pessoa como o Padre Ton, que sempre se apresentou como defensor da moral, criticando ferozmente os crimes de corrupção de outros partidos e hoje se calar diante deste escândalo em Cacoal. Teria o nobre presidente dois pesos e duas medidas? Este silêncio para mim tem sido ensurdecedor”, disse a parlamentar.

Ela frisou ainda que por diversas vezes informou ao Padre Ton sobre a situação de Cacoal, solicitando inclusive reuniões, porém sempre foi ignorada. “Uma vez chamei o Padre Ton pra vir em Cacoal, ele veio, mas fez questão de não me avisar e escolheu se reunir somente com a executiva municipal, o prefeito e a então chefe de gabinete que hoje esta presa”, disse a parlamentar.

Ainda segundo Maria Simões, ela e outros filiados apresentaram 06 requerimentos de comissão de ética para investigar a então chefe de gabinete Maria Ivani, o prefeito Padre Franco e outros filiados envolvidos na operação Detalhe, porém todos os pedidos foram arquivados pela direção local do PT, e um deles pela direção estadual.

“Quando vimos que a direção local estava a serviço do gabinete do prefeito, arquivando tudo o que era contra eles e agilizando punições contra quem os denunciava, como foi o meu caso, nós enviamos um requerimento ao Padre Ton, e ele para nossa surpresa devolveu para a direção local, alegando ser aqui a instância de averiguação, se eximindo de interferir e resolver o problema. Hoje tudo aquilo que denunciamos se confirmou”, enfatizou a parlamentar após a sessão.

Na manhã de ontem, 18 de maio, Maria Simões recebeu uma nota de apoio assinada pela ex-senadora Fátima Cleide e filiados de diversos municípios do estado de Rondônia.

Fonte - ASSESSORIA

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.