MAIS DE 500 MUDAS SER肙 PLANTAS NO ENTORNO DO CANAL DOS TANQUES

Cinquenta e cinco locais foram escolhidos pela Prefeitura de Porto Velho para recebem plantio de mudas esp閏ies nativas da regi鉶.
Quinta-Feira, 14 de Maio de 2015 - 17:49

Cinquenta e cinco locais foram escolhidos pela Prefeitura de Porto Velho para recebem plantio de mudas espécies nativas da região. O trabalho executado pelo Núcleo Ambiental Urbano (NAU), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) está concentrado no momento no trecho do Canal dos Tanques, na Álvaro Maia, que vai da avenida João Goulart até a Getúlio Vargas, passando pela Guanabara e Salgado Filho.

No perímetro serão plantadas mudas de oiti, açaí, andiroba, ypê roxo, manga e cupuaçu, entre outras espécies nativas da região. Até dezembro, a meta é plantar 16 mil mudas em Áreas de Proteção Permanentes (APPs), repartições públicas (escolas e secretarias), espaços públicos (praças, parques e jardins) na cidade e nos distritos.

 “Estamos iniciando esse trabalho aqui pelo Canal dos Tanques e no perímetro que será trabalhado mais de quinhentas mudas. E o que é que se busca com esse projeto, é a melhoria da qualidade de vida da população porque, a arborização urbana proporciona a cidade inúmeros benefícios relacionados à estabilidade climática, ao conforto ambiental e na melhoria da qualidade do ar”, explicou Denis Oliveira, diretor do NAU/Sema.

Moradora da região há 55 anos, a viúva Maria do Livramento, 74 anos, aprovou o projeto de arborização da prefeitura. Ela afirmou que ficou muito satisfeita quando soube da “novidade”. “Vai ser muito bom pra nós que residimos aqui, o plantio dessas árvores. Eu, por exemplo, vou poder caminhar na sombra quando essas árvores estiverem grandes”, vislumbrou.

Benefícios

O técnico da Sema também detalhou alguns benefícios que proporcionam o plantio de árvores em ambientes urbanos como, por exemplo, a valorização dos imóveis situados em ruas bem arborizadas, que tem a preferência de quem pretende comprar um imóvel. Há também a redução da incidência solar. O sol forte é apontado como um dos grandes problemas da maioria das ruas brasileiras, tornando pouco cômodo o passeio em ruas, que chegam a temperaturas e desconfortos insuportáveis na ausência de árvores.

A arborização propiciar também um maior conforto térmico, pois as árvores atuam como reguladoras térmica das altas temperaturas. Isso se deve ao calor latente necessário para a evaporação da água da superfície das folhas. É um efeito semelhante ao do nebulizador ou do climatizador.

Outro benefício é aumento da umidade relativa do ar. O ar excessivamente seco é uma das maiores causas de problemas respiratórios, além de problemas de pele. Favorece também à permanência da poeira no ar, além de secar as vias respiratórias, sendo péssimo para pessoas com alergias.

A evaporação da água da superfície das folhas das árvores, aumenta a umidade relativa do ar, no local onde ela se situa, o que pode ser muito benéfico. Proteção no início de chuvas, foi outro fator apontado por ele. No início das chuvas, a maior parte da água fica retida nas folhas das árvores, podendo servir de proteção.

Fonte - Comunica玢o pmpv

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.