ALUNOS DO COLÉGIO OBJETIVO VISITAM EXPOSIÇÃO SOBRE MARECHAL RONDON

O professor de História do Colégio Objetivo, Aleks Palitot, é o curador da Exposição 150 anos Rondon que iniciou no dia 5 e segue até 20 de maio no Porto Velho Shopping.
Terça-Feira, 12 de Maio de 2015 - 15:35

O professor de História do Colégio Objetivo, Aleks Palitot, é o curador da Exposição 150 anos Rondon que iniciou no dia 5 e segue até 20 de maio no Porto Velho Shopping.

Marechal Rondon é uma das figuras históricas mais importantes do estado e, por que não dizer, do país? Responsável por transformar a comunicação interligando vários estados através das linhas telegráficas, não sendo à toa ter sido dado à região o nome de Rondônia já que, através da Comissão Rondon, grandes feitos foram realizados no oeste brasileiro.

Tanta importância histórica não poderia passar despercebida pelos alunos do Ensino Médio do Colégio Objetivo, que preparou uma caravana e os levou para visitar a exposição “150 anos Rondon”. Essa homenagem busca apresentar ao visitante toda a obra do coronel e revelar como sua vida foi fundamental para os brasileiros.

A diretora pedagógica do Colégio Objetivo - Unidade I, Cida Fernandes, disse que oportunizar o aprendizado fora da escola é importante. “As aulas extraclasse são fundamentais para otimizar o ensino, pois conseguem ser melhor absorvidas pelos alunos e nós do Objetivo estamos sempre buscando idealizar e inovar nossas aulas”, ressaltou a diretora.

Para o aluno da 3ª série do Ensino Médio integral, Lucas Torres (17 anos) a visita à exposição foi muito interessante. “Acho muito importante ter uma exposição sobre o Marechal Rondon em Porto Velho para que possamos conhecer com mais detalhes a história dele e do estado. Desta forma podemos aprender com o passado, aplicar no presente e ter um futuro melhor. Eu não sou daqui, mas já vivo em Rondônia há algum tempo e acho muito interessante a história de Rondon. Do que estudei de história regional é a mais interessante”, detalhou o aluno.

Lucas ainda acrescentou: “Rondon nos inspira muito com sua filosofia de vida, quando fala ‘morrer se preciso for, matar nunca’. Por ser um personagem tão importante para a história de Rondônia e do Brasil, o aniversário de 150 anos do marechal pode ser um tema que caia no vestibular com bastante destaque”.

O professor Aleks reforça a teoria de Lucas. “De fato Rondon pode ser tema de uma ou duas questões no Enem já que o mesmo foi o responsável pela criação do Serviço de Proteção Indígena (SPI), mais tarde conhecida como Fundação Nacional do Índio (Funai)”.

Fonte - Assessoria de Comunicação

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.