News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

AÇÃO DO GRUPAMENTO DE OPERAÇÕES AÉREA E DE EQUIPE MÉDICA DO HOSPITAL DE BASE GARANTE SUCESSO NO NASCIMENTO DE GÊMEAS

As vidas das gêmeas Letícia e Bianca foram salvas graças a uma operação conjunta entre o Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do Corpo de Bombeiros do Estado de Rondônia e a equipe médica do Hospital de Base Ary Pinheiro (HB).
Quinta-Feira, 07 de Maio de 2015 - 15:57

As vidas das gêmeas Letícia e Bianca foram salvas graças a uma operação conjunta entre o Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do Corpo de Bombeiros do Estado de Rondônia e a equipe médica do Hospital de Base Ary Pinheiro (HB). A mãe, Cláudia, de Cacoal, teve que ser trazida com urgência para Porto Velho. Após dois dias, as três passam bem.

No dia 5 de maio, a ação rápida e precisa de mais de 20 funcionários do governo de Rondônia garantiu a vida das gêmeas Letícia e Bianca, quando a mãe, Cláudia Alves Matias (31 anos), iniciou o trabalho de parto com apenas 35 semanas (8 meses) e, em função de alto risco do parto prematuro, havia necessidade de cuidados especiais para as gêmeas. “O HB, que é um hospital terciário, é o único de Rondônia equipado com UTI neonatal, com todos os equipamentos e uma equipe capacitada para garantir assistência aos bebês prematuros”, garante o diretor geral do HB, Nilson Paniagua.

Após uma hora e meia de voo entre Cacoal e Porto Velho, às 14h30, o avião do GOA pousou no aeroporto internacional Governador Jorge Teixeira, onde aguardava uma ambulância que transportou Cláudia imediatamente para o HB. Logo na chegada, enquanto os parentes davam as informações necessárias para a internação, a parturiente foi levada para a sala de cirurgia onde, em poucos minutos, a equipe médica composta pelos médicos Jason Silva, Audelino Ferreira e João Batista Nava, realizou a cesariana que trouxe à luz Letícia e Bianca.

“Foi tudo muito rápido e nem lembro direito dos rostos das pessoas que me atenderam, mas sou eternamente grata a todos pois as minhas filhas estão fora de perigo”, relata emocionada Cláudia, que mora em Cacoal e foi acompanhada de perto pelos médicos locais com exames pré-natais regulares que identificaram as duas crianças e o risco que corriam.

“Voos como este são cotidianos e, na grande maioria das vezes, salvam vidas, um serviço que é gratificante para todos nós do GOA”, diz o comandante, tenente BM Philipe Maia e, complementando, relata que “o governo de Rondônia vem economizando, em média, 90% dos custos de transporte de pacientes, que anteriormente eram feitos por meio de contratação de empresas aéreas particulares, além de garantir o direito à vida dos rondonienses”.

Fonte - decom/gov-ro
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.