News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 04 de Dezembro de 2020

ASSEMBLEIA TERÁ MAIOR CONTROLE DE PRODUTIVIDADE E FREQUÊNCIA DE SERVIDOR

O procurador geral de Justiça explicou que, em caso de algum pedido de explicações, basta mostrar a produtividade do funcionário.
Quarta-Feira, 06 de Maio de 2015 - 17:03

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PTB), recebeu nesta quarta-feira (6) o procurador geral de Justiça, Héverton Alves de Aguiar, e o procurador geral-adjunto, Claudio Silveira, para tratar do controle da produtividade e frequência dos servidores dos gabinetes dos deputados e assessores técnicos da Casa de Leis. O deputado Alex Redano (SD) também participou a reunião.

Héverton Aguiar disse que o Ministério Público pode colaborar, preparando um software, um programa de computador, que será utilizado para a Assembleia Legislativa exercer o controle sobre as atividades dos servidores.

Maurão de Carvalho explicou que a intenção é desenvolver os trabalhos na Casa de Leis da forma mais transparente possível, e dentro dessa proposta é preciso ter relatórios sobre o trabalho dos funcionários.

O presidente da Assembleia adiantou a Héverton Aguiar e a Claudio Silveira que há interesse principalmente em ter explicações detalhadas em relação ao trabalho executados por assessores que atuam nas cidades onde os deputados têm base eleitoral.

Héverton Aguiar disse que esse tipo de ação isenta a Assembleia Legislativa de acusações de manter servidores fantasmas. O procurador geral de Justiça explicou que, em caso de algum pedido de explicações, basta mostrar a produtividade do funcionário.

Alex Redano contou ter assessores em localidades pequenas, onde não há nem Internet. “Eles marcam reuniões, distribuem material divulgando meu trabalho e verificam os problemas existentes, para que eu possa agir. Com esse controle de atividades será possível mostrar o que eles estão fazendo, se houver fiscalização”, destacou.

O deputado Maurão disse que os servidores que exercem suas funções em Porto Velho assinam o ponto diariamente. “Transparência é a palavra de ordem na Assembleia Legislativa. O apoio do Ministério Público com o programa de computador nos ajudará bastante”, afirmou.

Fonte - ALE/RO - DECOM

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.