News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sabado, 28 de Novembro de 2020

LABOR DAY

A história do Dia do Trabalho vem de 1886 na cidade de Chicago, Estados Unidos, na época em franca industrialização.
Quarta-Feira, 06 de Maio de 2015 - 16:49

Por Jullyane Saldanha*

Labor Day, para os norte americanos, Fête du Travail, para os franceses ou Festa del Lavoro para os italianos, independente da região do planeta, por muito tempo o trabalhador foi instrumento de ação subordinativa. Entretanto, com o aumento das redes de trabalho, essas relações sofreram questionamentos, fato que provocou a necessidade de se criarem leis para se garantir o papel de cada um dentro de uma sociedade. Por isso, o primeiro de maio, é mais que um feriado, mais que um momento para retiros, pescarias e acampamentos. É um momento de reflexão e transformação.

A história do Dia do Trabalho vem de 1886 na cidade de Chicago, Estados Unidos, na época em franca industrialização. Imaginem vocês que os trabalhadores foram as ruas pedindo a redução de trabalho diária, de treze horas para oito. Durante o decorrer daquela semana aconteceram conflitos entre a polícia e manifestantes e lógico feridos e mortos. E como forma de homenagear esta história de luta, a segunda internacional socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889 criou o Dia Mundial do Trabalho, que é o que o Brasil e mais 80 países comemoram no primeiro de maio.

No Brasil a data se tornou oficial em 1925 por decreto do então presidente Artur Bernardes,, mas ficou conhecida porque em primeiro de maio de 1940 o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário Mínimo que deveria suprir as necessidades básicas de moradiia, alimentação, vestuário, educação e lazer. A CLT também foi anunciada num primeiro de maio, o de 1943.

Tenho dúvidas se devemos comemorar este primeiro de maio, pois a luta por melhores condições de vida para nossas famílias é diária. Claro que muita coisa mudou. Das fábricas frias e barulhentas do século passado, certamente temos mais condições de trabalho, equipamentos de segurança e alguns avanços como seguro-desemprego, férias e décimo terceiro. Mas não nos deixemos enganar com espetáculos, sorteios, e premiações. Precisamos avançar mais na defesa do direito dos trabalhadores, no nosso direito; porque o trabalho dignifica o homem, claro. mas para uma vida digna e decente e com garantias, ainda falta muito.

*Especialista em Gestão de Pessoas  

Fonte - Jullyane Saldanha Monteiro de Souza

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.