News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020

DEPUTADOS REPUDIAM ATITUDE ANTIDEMOCRÁTICA E VIOLENTA DO GOVERNO DO PARANÁ

Os parlamentares petistas registram que as cenas deprimentes transmitidas pelos canais de notícias referentes a greve dos professores contrários a proposta de Lei do governador Beto Richa, que alteraria o Regime Próprio de Previdência dos servidores, independentemente do mérito da matéria em tramitação, mostrou ser uma ação incompatível e inaceitável dentro do Estado democrático.
Quarta-Feira, 06 de Maio de 2015 - 10:16

Os deputados estaduais pelo Partido dos Trabalhadores Lazinho da Fetagro e Ribamar Araújo repudiam de forma veemente o posicionamento antidemocrático exercido pelo Governo do Paraná/PSDB quanto ao direito legítimo de manifestação de todo e qualquer cidadão, principalmente quanto a ação de força truculenta, desproporcional e violenta daquele governo contra professores, ocorrida na última semana, na cidade de Curitiba/PR, em frente à Assembleia Legislativa daquele importante Estado da Federação, cujo resultado de quase 200 feridos comprometeu a imagem do Poder Público local.

Diante dessa ação intolerável e inadmissível, capitaneada pelo governador Beto Richa/PSDB, os deputados requereram Moção de Repúdio contra a ação do governador peessedebista, aprovada por unanimidade pela Casa de Leis do Estado de Rondônia, nesta terça-feira (06).

Os parlamentares petistas registram que as cenas deprimentes transmitidas pelos canais de notícias referentes a greve dos professores contrários a proposta de Lei do governador Beto Richa, que alteraria o Regime Próprio de Previdência dos servidores, independentemente do mérito da matéria em tramitação, mostrou ser uma ação incompatível e inaceitável dentro do Estado democrático. A ação truculenta, violenta e repressiva da Polícia Militar do Paraná, cuja responsabilidade de comando é exclusiva do Governador Beto Richa, levou, não só o Paraná, mas todo o Brasil, de forma negativa, para as páginas de todos os grandes veículos de comunicação do mundo.

O deputado Lazinho da Fetagro ressalta que “a nação que se constrói hoje, com grandes desafios a serem superados, não pode ser colocada no patamar de uma republiqueta de bananas onde o direito legítimo do cidadão à organização e à manifestação não seja garantido por suas instituições democráticas, conforme preconiza a Constituição de 1988”. “Governar é administrar, com sabedoria e generosidade, demandas, sonhos e conflitos sempre levando em conta o respeito ao exercício pleno de nossa cidadania”, pontua.

Ao aprovar a presente Moção de Repúdio, os Deputados e Deputadas do Estado de Rondônia solicitam, ao mesmo tempo, a imediata suspensão de todas as medidas de caráter coercitivo violento contra os trabalhadores do Paraná, a imediata abertura de negociações entre as partes e o afastamento dos responsáveis pelos comandos diretos de ataque e violência protagonizados contra os professores do Paraná.

“Os profissionais do magistério não são terroristas, não são bandidos, não são indigentes sociais. Trata-se da classe que constrói, no dia a dia, as bases culturais e intelectuais de gerações melhores para um Brasil mais justo, solidário e fraterno”, registra o deputado Ribamar Araújo.

Fonte - Assessoria
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.