JÁ COMEÇA A ARTICULAÇÃO POLÍTICA VISANDO A SUCESSÃO MUNICIPAL DE PORTO VELHO

iante desse quadro, na semana passada em uma reunião realizada na sede do diretório Estadual do PRB em Porto Velho, os partidos PRB, PMN, PROS, PSDC, PHS e PSD, traçaram metas e diretrizes para uma caminhada rumo à prefeitura.
Terça-Feira, 05 de Maio de 2015 - 07:21

Passadas as eleições que definiram as mesas diretoras na Assembleia Legislativa, na Câmara e no Senado, os partidos políticos se voltam para mais uma  eleição! Porém, agora, as reuniões, articulações e definições giram em torno dos dois próximos pleitos.

Para os políticos brasileiros, ano bom é ano par. E ano ímpar é só uma véspera do par. Dentro desta lógica, 2016 já está na cabeça de todos eles. Ano que vem as eleições indicarão novos prefeitos e renovarão as Câmaras Municipais em todo o Brasil.

Já em 2018, será a vez de escolher novos governadores, presidente e parlamentares estaduais e federais. Se para o eleitor comum os dois processos estão muito longe, a mesma lógica não vale para o universo político. Quem conseguir vantagem em 2016 largará na frente em 2018, e para chegar antes em 2016 é preciso agir rápido.

O quadro apresentado pelos presidentes dos partidos reunidos apresenta boas perspectivas, tendo em vista a pífia administração do prefeito Nazif.

Entre todas as pautas, a reunião não serviu apenas para se discutir a sucessão municipal, mas também ficou estabelecido um plano de governo, sendo debatido temas como saúde, educação, infraestrutura, limpesa pública, transporte urbano, segurança do trânsito entre outros assuntos de interesse geral da comunidade.

Ficou estabelecido entre os partidos, novas reuniões onde continuarão sendo debatidos o projeto político para Porto Velho, e que com essa união já esta definido com certeza de que o grupo não abre mão de uma candidatura própria para prefeito e vice nas eleições de 2016.

Fonte - redação

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.