FACULDADE PORTO/FGV MOSTRA QUE MATERIAIS L贒ICOS PODEM TORNAR A MATEM罷ICA MAIS ATRATIVA EM SALA DE AULA

Com o objetivo de que os acad阭icos de Pedagogia cheguem preparados ao mercado de trabalho, a Faculdade Porto/FGV realizou na 鷏tima quinta-feira (30) uma Oficina de Matem醫ica.
Segunda-Feira, 04 de Maio de 2015 - 15:33

Com o objetivo de que os acadêmicos de Pedagogia cheguem preparados ao mercado de trabalho, a Faculdade Porto/FGV realizou na última quinta-feira (30) uma Oficina de Matemática. A atividade serviu para que 5º e 7º períodos fizessem a apresentação de materiais lúdicos que podem ser usados em sala de aula.

O material desenvolvido é destinado ao ensino da Aritmética e Geometria para crianças do 1º ao 5º ano no Ensino Fundamental. “Através de pesquisas, sabemos que essa atividade ajuda no desenvolvimento do aluno, melhorando o interesse e desempenho. O lúdico é muito importante e através da brincadeira podemos fazer com que as crianças tenham mais interesse em aprender”, afirma Raquel Santana, acadêmica do 5° período de Pedagogia.

Durante a aula prática foram desenvolvidas duas atividades para a disciplina de Matemática, ambas voltada às séries iniciais do ensino regular. “Entendemos que o material lúdico, além de enriquecer a aula e atrair o interesse da criança, proporciona um aprendizado muito maior. Esse experimento já foi feito e apresentou grandes resultados”, afirma Ledson Oliveira, professor na disciplina Fundamentos Matemáticos.

“Foram duas atividades diferentes, uma com o uso do Tangram, um jogo milenar desenvolvido na China que é um quebra-cabeças formado por sete peças, utilizado para a criação de várias figuras geométricas. A outra atividade é a criação de  jogos voltados à aritmética, para que facilite o aprendizado da tabuada, tornando-a mais simples e didática”, diz Ledson.

O professor afirma ser de grande importância a realização de atividades que preparam os acadêmicos para o ingresso nas salas de aula, visto que o curso tem essa finalidade. “A intenção é que consigamos desenvolver melhores formas de atrair a atenção das crianças, pois esse é um problema comum no aprendizado da Matemática”, completa o professor.

Fonte - Assessoria de Comunica玢o

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.