News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

ESTAÇÃO TELEGRÁFICA CEDE LUGAR AO MUSEU DAS COMUNICAÇÕES EM JI-PARANÁ

A antiga estação telegráfica Presidente Pena, inaugurada em 1914, se transformou no ponto turístico Museu das Comunicações em Ji-Paraná. O prédio revela a imponência e os desafios da época em que foi construído, com tijolos de barro (adobe) e cobertura em telhas em cerâmicas fabricadas artesanalmente.
Quinta-Feira, 30 de Abril de 2015 - 16:40

A antiga estação telegráfica Presidente Pena, inaugurada em 1914, se transformou no ponto turístico Museu das Comunicações em Ji-Paraná. O prédio revela a imponência e os desafios da época em que foi construído, com tijolos de barro (adobe) e cobertura em telhas em cerâmicas fabricadas artesanalmente. A robustez da edificação, bem como o acervo, tem atraído visitações regulares, especialmente dos estudantes.

Construída com o objetivo de integrar o país por meio de linhas telegráficas interligando Santo Antônio do Rio Madeira (hoje Porto Velho) a Cuiabá, a estação telegráfica Presidente Pena é um marco na história de Rondônia.

Na publicação “Ji-Paraná e sua história” está escrito que Cândido Mariano da Silva Rondon (Marechal Rondon, à época tenente-coronel) ergueu o prédio em madeira. “Após dezoito anos o prédio foi reconstruído em tijolos de adobe e transferido à Empresa de Correios e Telégrafos (ECT)”, explica Jairo Ardull, pesquisador e autor da publicação.

Atualmente, o imóvel mantém as características originais e é administrado pela Fundação Cultural de Ji-Paraná. O prédio já acomodou uma agência do extinto Banco do Estado de Rondônia (Beron) e outros órgãos públicos municipais. No local poderão ser apreciadas peças e o histórico sobre as linhas telegráficas, bases e estações telefônicas, caixa de coleta dos Correios, aparelhos de rádios e de telefonia, rádios comunicadores e outras peças.

Além do acervo voltado exclusivamente para as comunicações, com peças específicas da ocasião de Marechal Rondon, o museu promove outras atividades culturais, por exemplo, exposições de fotografias e de artesanato indígenas. Dentre outros atrativos estão dois eventos anuais: a “Semana Nacional de Museus”, de 18 a 24 de maio, e a “Primavera de Museus”, em setembro.

VISITAÇÕES

Os homens são os mais interessados em visitar o Museu das Comunicações, segundo detalham as estatísticas internas da administração.

Em 2014 foi registrada a visitação de 3721 pessoas, sendo 52,6% do sexo masculino e 47,4 do sexo feminino. “Os estudantes são maioria. Eles chegam em caravana, juntamente com os professores”, informa a responsável pelo acervo, professora Maricelma Almeida.

Os dados demonstram que 73% dos visitantes são de Ji-Paraná, 17% de outras cidades rondonienses, 10% são turistas de outros estados e países.

O Museu das Comunicações está localizado na praça da Linha Telegráfica, no centro de Ji-Paraná. O local é aberto à visitação das 8h às 17h30 de segunda-feira a sexta-feira. A entrada é franca.

HOMENAGEM

Na terça-feira (5), dia em que se comemora 150 anos de marechal Rondon, o governo de Rondônia em parceira com os Correios, Porto Velho Shopping e 17ª Brigada de Infantaria e Selva realiza a abertura de uma exposição sobre Rondon e o lançamento do selo comemorativo. O evento, que será às 16h, no Porto Velho Shopping, é gratuito e aberto à população.

Fonte - DECOM/GOV-RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.