AÉLCIO DA TV DESTACA OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO NA CAPITAL

O deputado Aélcio da TV (PP), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, disse que a população de Porto Velho tem sofrido no quesito do direito de ir e vir. Informou que participou da solenidade da assinatura de convênio do governo do Estado e da ordem de serviço para pavimentação de 27 km de algumas vias de bairros em Porto Velho, “o que sinaliza uma esperança para a melhoria da capital”.
Quarta-Feira, 29 de Abril de 2015 - 15:41

O deputado Aélcio da TV (PP), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, disse que a população de Porto Velho tem sofrido no quesito do direito de ir e vir. Informou que participou da solenidade da assinatura de convênio do governo do Estado e da ordem de serviço para pavimentação de 27 km de algumas vias de bairros em Porto Velho, “o que sinaliza uma esperança para a melhoria da capital”.

Disse Aélcio que a quase inexistente operação tapa-buracos em Porto Velho não tem resolvido o problema das crateras nas vias públicas. Citou que algumas ruas próximas ao Teatro Estadual Palácio das Artes e entre as avenidas Calama e José Vieira Caúla já estão sendo pavimentadas e que a avenida Rio Madeira também será. “Não resolve, mas ameniza o problema”, destacou.

O deputado participou de uma reunião com o diretor geral do DER, coronel Lioberto Caetano, e o chefe da Casa Civil, Émerson Castro, que estão fazendo cronograma de ação nos bairros periféricos com previsão de asfaltamento de 100 km na capital. “Onde foi feita drenagem, o governo vai pavimentar”, informou.

Citou que a revista Exame fez uma reportagem sobre as melhores e as piores cidades brasileiras e a capital rondoniense ficou em 97º lugar.

“Atrás de Porto Velho, apenas três cidades que podem ser consideradas favelas, que são Ananindeua, no Pará e Belford Roxo e Duque de Caxias, ambas no Rio de Janeiro. Pelo menos com essas obras que estão sendo realizadas acende-se essa pequena luz no fim do túnel em nossa capital. Espero que esta luz não se apague e essa obra seja feita com austeridade”, acrescentou Aélcio.

Fonte - decom/ale-ro

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.