TÍTULO JÁ CADASTRA MAIS 200 IMÓVEIS EM JARU SÃO 1.500 ESCRITURAS

Assim como em Ji-Paraná, a comunidade do município de Jaru tem até amanhã (30) para fazer o cadastramento no programa Título Já, para requerer formalmente a documentação de seus imóveis residenciais e, assim, ter o documento legal e definitivo da propriedade.
Quarta-Feira, 29 de Abril de 2015 - 14:41

Assim como em Ji-Paraná, a comunidade do município de Jaru tem até amanhã (30) para fazer o cadastramento no programa Título Já, para requerer formalmente a documentação de seus imóveis residenciais e, assim, ter o documento legal e definitivo da propriedade.

Nesta fase, segundo explicou a advogada Quílvia Carvalho, coordenadora estadual de Regularização Fundiária Urbana, serão cadastrados em Jaru os últimos 200 imóveis de 1.500 proposto pelo para serem atendidos; 1.300 já estão regularizados. De acordo com o cronograma de trabalho desta vez serão beneficiadas as famílias carentes dos Setores 1 e de 3 a 8.

Criado pelo Governo de Rondônia para amparar a centenas de famílias carentes que vivem em várias cidades do Estado, o Programa Título Já (regularização fundiária urbana) tem como objetivo a documentação  dos imóveis residenciais dessas famílias, de forma gratuita e sem burocracia. Os critérios exigidos para a escrituração dos imóveis são: imóvel deve ter no máximo mil metros quadrados; a família deve residir há pelo menos dois anos no endereço; a renda familiar não pode ser maior que cinco salários mínimos, e a documentação pessoal.

No ato do cadastramento, o interessado deve levar os originais e fotocópias dos seguintes documentos: requerimento de título preenchido, assinado e com firma reconhecida; RG e CPF do requerente e do cônjuge, se for o caso; certidão de casamento e/ou união estável e/ou certidão de nascimento; comprovante atual de residência; comprovante de aquisição do imóvel; declaração de tempo de posse; comprovação de renda familiar; certidão negativa de débitos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

PROGRAMAÇÃO EM JI-PARANÁ

Na verdade, todo o programa de regularização fundiária do Estado está sendo executado por um amplo projeto de parceria que envolve, por meio de um Termo de Cooperação, os poderes Executivo e Judiciário, os Cartórios, e ainda os próprios municípios interessados.

No caso do município de Ji-Paraná, onde também termina amanhã (30) o cadastramento para três mil famílias dos bairros JK, Alto Alegre, Val Paraiso e Boa Esperança, a programação é extensa durante todo este semestre.

De acordo com a Coordenadoria Estadual de Regularização Fundiária Urbana, ante a demanda constatada, para o município de Ji-Paraná foi estabelecida uma programação específica para atender a vários bairros. Desta forma, depois desses, serão atendidas as famílias dos bairros Jorge Teixeira e Cafezinho, São Pedro e Riachuelo (de 11 a 16 de maio), Nossa Senhora de Fátima, Nova Brasília, Duque de Caxias, Jotão e São Francisco (25 a 29 de maio), Ji-Paraná, Vila de Rondônia e Novo Urupá (08 a 12 de junho), União II e Habitat Brasil (29/06 a 07/07) e finalmente o bairro Primavera onde as famílias poderão fazer o seu cadastro no período de 13 a 17 de julho.

Segundo Quílvia Carvalho, ao todo são 13.500 imóveis urbanos que estão recebendo os serviços de georeferenciamento e topografia, e desse total 10.500 estão prontos para serem escriturados, muitos dos quais já estão em fase de cadastramento.

Fonte - decom/gov-ro

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.