MPRO APURA CRISE INSTALADA NO PRES虳IO URSO BRANCO

Terça-Feira, 28 de Abril de 2015 - 22:24
O Promotor de Justi鏰 de Seguran鏰 P鷅lica, Shalimar Christian Priester Marques, instaurou inqu閞ito civil p鷅lico para apurar a situa玢o, ap髎 tomar conhecimento de que, nesta ter鏰-feira (28), duas celas do Urso Branco teriam sido interligadas, bem como teria in韈io uma tentativa de fuga.

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Segurança Pública, está apurando as condições da crise que se instala desde o início de abril no Presídio de Segurança Máxima de Porto Velho, José Mário Alves, o Urso Branco. Esta semana, foram registrados uma tentativa de fuga e o início de greve de fome por presos da unidade

.

O Promotor de Justiça de Segurança Pública, Shalimar Christian Priester Marques, instaurou inquérito civil público para apurar a situação, após tomar conhecimento de que, nesta terça-feira (28), duas celas do Urso Branco teriam sido interligadas, bem como teria início uma tentativa de fuga. O movimento foi frustrado pela Companhia de Guarda da Polícia Militar. Há informação de que agentes penitenciários, em razão da crise instalada, não estariam entrando nos pavilhões.

Na última segunda-feira (27), havia a informação de que presos teriam iniciado uma greve de fome no Urso Branco.

A situação na unidade já havia motivado reunião do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), nos dias 22 e 23 do corrente mês. Na ocasião, foram discutidos, entre outros pontos, os problemas que atualmente afetam o presídio, bem como possíveis alternativas para evitar o início de crise no sistema.

Vistorias

Ao instaurar o inquérito civil público, o MP solicitou da Secretaria de Estado de Justiça - SEJUS os protocolos de segurança referentes a contenções e administração de crises da unidade; a planta baixa e o laudo de engenharia  acerca da integridade física do presídio, entre outras providências. Também questionou o prazo para normalização da situação, bem como para as inspeções de órgãos e conselhos no interior da unidade prisional.

Fonte - ascom/mp-ro

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.