REUNIÃO COM A SUFRAMA DISCUTE ZONA DE PROCESSAMENTO DE EXPORTAÇÃO E POLO EMPRESARIAL DE GUAJARÁ-MIRIM

Os projetos de instalação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Guajará-Mirim e do polo empresarial do distrito do Iata foram discutidos com conselheiros da Zona Franca de Manaus, em nova reunião na capital amazonense, com a presença de uma equipe técnica da Secretaria da Agricultura, Desenvolvimento e Regularização Fundiária de Rondônia (Seagri).
Terça-Feira, 28 de Abril de 2015 - 16:57

Os projetos de instalação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Guajará-Mirim e do polo empresarial do distrito do Iata foram discutidos com conselheiros da Zona Franca de Manaus, em nova reunião na capital amazonense, com a presença de uma equipe técnica da Secretaria da Agricultura, Desenvolvimento e Regularização Fundiária de Rondônia (Seagri).

Os dois projetos são apontados pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Conder/Seagri) como políticas de fundamental importância para atrair novos investidores interessados em abrir seus negócios na Área de Livre Comércio de Guajará-Mirim, reaquecendo a economia local com a geração de mais empregos.

Na reunião com o superintendente da Suframa, José Adilson Jesus, o coordenador-geral Jorge Vasques, o engenheiro operacional da autarquia, Emmanuel de Aguiar, e o secretário estadual da Agricultura, Evandro Padovani, o coordenador executivo do Conder, Rubens Nascimento fez um relato sobre as vantagens que os investidores poderão dispor em Rondônia e apontou como principal vantagem os incentivos fiscais e tributários de natureza estadual e federal nas operações de importação e exportação.

O polo empresarial de Guajará-Mirim, em fase de estudos para ser instalado no distrito do Iata, receberá obras de infraestrutura para incentivar a vinda de novas empresas, cujos proprietários poderão importar máquinas e equipamentos para instalação das próprias indústrias com incentivos. “As máquinas e equipamentos poderão ser importadas a preço mais barato do que em outras regiões brasileiras”, disse Nascimento.

O governo do estado também iniciou negociações com a Universidade Federal de Rondônia, com o objetivo de conseguir a transferência do hotel escola construído pela Suframa no distrito do Iata. A meta é reformar o estabelecimento com recursos do Fundo de Desenvolvimento do Estado (Fider) para funcionar como centro de treinamento e capacitação de mão de obra.

Fonte - decom/gov-ro

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.