TÁ NA LENTE: JOVEM VAI ATÉ DELEGACIA DE HOMICÍDIOS INFORMAR QUE NÃO EXECUTOU POLICIAL CIVIL

De acordo com o Diretor Geral do Departamento de Homicídios, Dr. Jeremias Mendes, as investigações continuam e os suspeitos pelo crime já foram identificados. Disse ainda que em momento algum o nome de Clelson foi citado no inquérito e que o rapaz jamais foi intimado para prestar esclarecimentos.
Segunda-Feira, 27 de Abril de 2015 - 15:57

Por Júlio Malta
Da Redação NewsRondônia

Porto Velho, RO – Após ter seu rosto divulgado escancaradamente nas mais diversas redes sociais, o trabalhador Clelson dos Santos Julio, 25 anos, foi nesta segunda (27) até a Delegacia de Homicídios, para relatar que não tem qualquer participação na morte do Policial Civil Wladimir, ocorrida no último dia 12.

Tudo começou com a morte do Policial Civil Wladimir e posterior morte de um adolescente conhecido como "Xandão", de apenas 16 anos, durante confronto com a polícia. Pois bem, após a morte do menor, diversas fotos de Cleuson foram repassadas em grupos de whatsapp e no Facebook, alegando que ele (Cleuson) seria irmão de Xandão e que estava pretendendo matar policiais militares para vingar a morte do "irmão". Porém, tudo não passou de um equívoco ou até mesmo uma brincadeira de péssimo gosto, pois usaram a foto de Cleuson com as falsas informações, causando lhe grandes problemas.

Isso gerou ameaças para o rapaz, que é pai de uma criança e trabalha em um salão de cabeleireiros para sustentar a família. Cleuson diz não conseguir trabalhar, pois teme que as ameaças ora sofridas se concretizem. Convicto de que tudo não passa de um engano, o jovem registrou um boletim de ocorrência e espera que assim como sua foto foi repassada de forma errada em uma história que nunca existiu, que seu vídeo de apelo também seja viralizado nas redes sociais.

De acordo com o Diretor Geral do Departamento de Homicídios, Dr. Jeremias Mendes, as investigações continuam e os suspeitos pelo crime já foram identificados. Disse ainda que em momento algum o nome de Clelson foi citado no inquérito e que o rapaz jamais foi intimado para prestar esclarecimentos.

Fonte - Júlio Malta - NewsRondônia

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.