BLOG DO GEOVANI: NOSSO NADA SEGURO TR翹SITO DE PORTO VELHO

E s鉶 carretas do tipo bi-trem e que v鉶 passando por cima de quem ousar atravessar sua frente. Algo precisa ser feito.
Quinta-Feira, 23 de Abril de 2015 - 16:57

PERIGO

Já venho postando no meu blog que a cada dia está mais perigoso o percurso entre a Avenida Jorge Teixeira e a estrada da Penal. O tráfego de caminhões a cada dia mais intenso. E são carretas do tipo bi-trem e que vão passando por cima de quem ousar atravessar sua frente. Algo precisa ser feito.

ARCO VIÁRIO

E o arco viário ainda nem saiu do papel, que possibilitará reduzir o fluxo de caminhões que passarão pela Jorge Teixeira. Digo reduzir, pois não irá acabar não. A menos que se pense em um anel viário. Aí sim, pode ser que se faça alguma coisa.

ANTES DISSO

É preciso planejamento para que não se gaste várias vezes para fazer o mesmo serviço. Temos de pensar na integração entre estrada, ferrovia e porto. Só desta maneira conseguiremos reduzir ao máximo os caminhões não só nas cidades ao longo da BR-364 mas também na capital para chegar até os portos do Grupo Amaggi e Soph.

PENAL

A Estrada da Penal, nas confluências da Guaporé e Imigrante precisa receber sinalização horizontal e vertical, além de semáforos. Quem vem do conjunto Rio Guajará e outros bairros está correndo sérios riscos ali. E isso que os grandes condomínios que estão sendo tocados ao longo da Penal ainda nem começaram a ser habitados e o fluxo de carros já é imenso na região.

VERGONHA

Fica a pergunta: estão construindo um novo supermercado na Jorge Teixeira. E na calçada da avenida deixaram desde muito tempo um grupo de feirantes que fica vendendo seus produtos em barracas que impedem a passagem de pedestres (Nunca vi isso em uma capital, sinceramente). Eles já receberam ordem de despejo, mas até quando vão ficar por lá, enfeiando e emporcalhando nossa cidade?

http://geovaniberno.blogspot.com.br

Fonte - http://geovaniberno.blogspot.com.br

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.