MPRO MINISTRA CURSO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E COMBATE À CORRUPÇÃO NO ACRE

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), ministra nesta quinta e sexta-feira (23 e 24/04), em Rio Branco, o curso de Investigação Criminal e Combate à Corrupção a membros do Ministério Público do Estado do Acre.
Quinta-Feira, 23 de Abril de 2015 - 16:07

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), ministra nesta quinta e sexta-feira (23 e 24/04), em Rio Branco, o curso de Investigação Criminal e Combate à Corrupção a membros do Ministério Público do Estado do Acre.

Promovida pelo MP acriano, a atividade oportunizará a abordagem de  ações efetivas de inteligência e combate ao crime organizado, apresentando novas tendências, métodos e técnicas utilizadas na investigação criminal, ajudando membros e servidores daquela Instituição, principalmente os das Promotorias Criminais e Promotorias de Defesa do Patrimônio Público, no combate aos crimes de corrupção e desvio de recursos públicos no estado do Acre.

O curso está sendo aplicado pelos Promotores de Justiça do Gaeco/MPRO, Anderson Batista de Oliveira e Otávio Xavier de Carvalho Júnior, que ressaltam a importância de capacitações para o aprimoramento do trabalho do Ministério Público. “A investigação é uma ciência multidisciplinar e não só jurídica, o estudo teórico e de casos práticos traz uma melhora substancial na eficiência destes trabalhos”, afirma o Promotor de Justiça Anderson Batista de Oliveira.

Para o Procurador-Geral de Justiça de Rondônia, Héverton Alves de Aguiar, “a cooperação entre os Ministérios Públicos é fundamental, pois as forças do Estado precisam se organizar para fazer frente ao crime organizado, especialmente aquele enraizado nos órgãos públicos”.

Fonte - Ascom MPRO

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.