FROTA ÚNICA ESTADUAL REDUZ DESPESAS COM A PADRONIZAÇÃO E RASTREAMENTO DOS VEÍCULOS

Em 90 dias, a frota de cerca de 322 veículos administrativos do governo de Rondônia será reduzida para 120 automóveis de uma mesma marca, criando assim a frota única estadual, em atendimento ao projeto oficial de dinamizar as ações do setor simultaneamente com a necessidade de racionalização das atividades e diminuição de suas despesas.
Quinta-Feira, 23 de Abril de 2015 - 15:36

Em 90 dias, a frota de cerca de 322 veículos administrativos do governo de Rondônia será reduzida para 120 automóveis de uma mesma marca, criando assim a frota única estadual, em atendimento ao projeto oficial de dinamizar as ações do setor simultaneamente com a necessidade de racionalização das atividades e diminuição de suas despesas.

Segundo Isis Queiroz, superintendente de Gestão de Suprimentos, Logística e Gastos Públicos Essenciais (Sugespe), o projeto visa padronizar a frota administrativa do Estado, eliminando os vícios do velho sistema de transportes, cuja manutenção hoje é de custo muito elevado e de resultado pouco eficiente, não atendendo com satisfação às necessidades da gestão.

De acordo com os dados da Sugespe, com a venda dos automóveis inservíveis adicionada à soma que será economizada com o fim dos serviços de manutenção desses veículos, a administração fará uma economia de pouco mais de R$ 3 milhões, recursos com os quais será adquirida a nova frota, restando ainda cerca de R$ 600 mil como sobra da compra, recurso que será investido em outras atividades do sistema, segundo previu a titular da Sugespe.

Ela explica que todo o projeto foi competentemente planejado, contemplando todos os fatores que justificaram sua criação, concebendo as regras de seu funcionamento e as diretrizes gerenciais, com a previsão inclusive de treinamento dos motoristas oficiais, que a partir de então serão acionados virtualmente na garagem, sem a necessidade do uso de telefone ou outro de outro meio. O setor de frota única funcionará na antiga sede da Secretaria de Assuntos Estratégicos, na Avenida Farquhar, próximo ao Palácio Rio Madeira, que está passando por uma ampla reforma e ampliação da estrutura física.

NOVO SERVIÇO

Pela concepção do projeto, todos os motoristas ficarão de prontidão na garagem, onde terão sala de espera equipada com recursos de tecnologia de informação, computadores que repassarão os comandos da gerência do setor. O programa foi desenvolvimento pelos próprios técnicos do governo para este fim.

As solicitações de todos os órgãos serão agrupadas de tal forma que um único motorista possa atender simultaneamente a cinco ou mais secretarias. Isto é, ele receberá um comando, por exemplo, para levar documentos, numa única viagem, a diversos órgãos – Seduc, Sefin, Tribunal de Contas, Ministério Público e Palácio Getúlio Vargas, por exemplo -, independentemente de estar vinculado a uma secretaria. Em outras palavras, todos serão motoristas oficiais do governo de Rondônia e não mais de uma secretaria.

As exceções do projeto recaem sobre os motoristas de viaturas cuja atividade não pode sofrer interrupção, como as ambulâncias, viaturas da PM e Polícia Civil, e as viaturas devidamente autorizadas, como as dos serviços especiais como dos programas de saúde – campanhas de vacinação, pesquisa, etc.

Fora dessas condições todas as viaturas da área administrativa do governo têm trânsito livre apenas nos dias úteis das 7h às 13h30, quando deverão ser impreterivelmente recolhidas ao setor de frota única (garagem).

Todo o sistema será fiscalizado virtualmente, eis que será completamente rastreado, mas segundo a superintendente da Sugespe, Isis Queiroz, o cidadão pode também colaborar com essa fiscalização, denunciando práticas que considerar inadequadas e ilegais no âmbito do serviço de transporte oficial ou de outros. Para tanto deve denunciar pelo telefone 0800 647 0732 e, ainda, pelo aplicativo Whatsapp nº 8484-6861.

Fonte - decom/gov-ro

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.