Quarta-Feira, 22 de Abril de 2015 - 09:21 (Polícia)

TÁ NA LENTE: SUSPEITO DE MATAR POLICIAL CIVIL TROCA TIROS COM PM, É BALEADO NA CABEÇA E MORRE NO JP II

O adolescente é o principal suspeito de ter atirado contra o Policial Civil Wladimir, no último dia 12, em uma pizzaria do Bairro Agenor Martins de Carvalho. Após cerca de oito dias internado em um hospital particular, o PC não resistiu e morreu, sendo enterrado no feriado de Tiradentes.


Imprimir página

Por Júlio Malta
Da Redação NewsRondônia

Porto Velho, RO – Morreu às 5h15 desta quarta-feira (22) o adolescente Alexandre Barbosa Amaral, conhecido pela alcunha de “Xandão”,  de apenas 16 anos. Ele foi baleado durante troca de tiros com Policiais Militares.

Na madrugada de hoje, uma guarnição da Polícia Militar do 5ºBPM recebeu solicitação via Centro Integrado de Operações Policiais para comparecer em uma determinada Rua do Bairro Morada Sul, onde segundo informações “Xandão” estaria escondido. De pronto, a guarnição foi até o endereço ora repassado e ao chegar à casa foi atendido por uma mulher que abriu a janela e viu a guarnição da PM. Indagada sobre quem estaria na casa, a cidadã respondeu que estaria ela e três crianças. Ao ter a entrada permitida pela proprietária da casa, os PMs adentraram e viram o momento em que a mulher correu e se trancou no quarto. Em seguida “Xandão” saiu de um quarto e ao perceber o cerco policial sacou uma arma de fogo e apontou para os policiais, que temendo pelas suas vidas, efetuaram um disparo que atingiu o rosto do menor.

Alexandre foi socorrido às pressas para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, porém, devido à gravidade dos ferimentos causados não resistiu e morreu. O adolescente é o principal suspeito de ter atirado contra o Policial Civil Wladimir, no último dia 12, em uma pizzaria do Bairro Agenor Martins de Carvalho. Após cerca de oito dias internado em um hospital particular, o PC não resistiu e morreu, sendo enterrado no feriado de Tiradentes. A arma usada pelo menor, uma pistola calibre 380 foi apreendida e entregue na central de flagrantes.

Fonte: Júlio Malta - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias