JESU蚇O DEBATE GARANTIA DE TRABALHO A BOMBEIROS CIVIS

O deputado Jesu韓o Boabaid (PT do B) participou de reuni鉶 no audit髍io da Faculdade Apar韈io Carvalho (Fimca), em Porto Velho, para tratar dos trabalhos que devem ser realizados em benef韈io dos bombeiros civis do Estado. V醨ios representantes da categoria explicaram as necessidades e os problemas que impendem uma maior valoriza玢o dos bombeiros civis em Rond鬾ia.
Quarta-Feira, 15 de Abril de 2015 - 14:31

O deputado Jesuíno Boabaid (PT do B) participou de reunião no auditório da Faculdade Aparício Carvalho (Fimca), em Porto Velho, para tratar dos trabalhos que devem ser realizados em benefício dos bombeiros civis do Estado. Vários representantes da categoria explicaram as necessidades e os problemas que impendem uma maior valorização dos bombeiros civis em Rondônia.

De acordo com eles, o maior problema envolvendo a categoria é a falta de iniciativa de muitas empresas de grande porte em contratar os profissionais da área para prestar os serviços estipulados em legislação.

A lei que garante a contratação de bombeiros civis em grandes empresas e eventos é determinada pelos municípios. Em Porto Velho, a cada 50 funcionários dentro de uma empresa, deve ser contratado um bombeiro civil para preservar a segurança no local.

De acordo com o Jesuíno Boabaid, a profissão de bombeiro civil deve ser valorizada. Ele citou que os profissionais muitas vezes colocam a vida em risco no exercício da função.

“O bombeiro civil é um profissional de grande importância para resguardar vidas e patrimônio. Por isso a profissão foi instituída pelo Governo Federal, para dar suporte às ações dos bombeiros militares. Uma empresa com mais de 50 funcionários que não contrata um bombeiro civil coloca em risco os colaboradores e seu próprio patrimônio”, disse o deputado.

O parlamentar ainda destacou que irá buscar dentro das normativas da Assembleia Legislativa todos os meios para garantir o espaço aos profissionais em todas as grandes empresas de Rondônia.

“Precisamos saber os motivos que impedem uma empresa de grande porte de contratar um bombeiro civil. Vou buscar junto com representantes da categoria um caminho que evite que essa situação perdure, pois além de perigoso é injusto com esses profissionais, que estão sempre prontos a proteger e servir”, disse Jesuíno Boabaid.

Fonte - DECOM/ALE-RO

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.