O QUE É DESOLAÇÃO?

Quem vive na desolação procura se afetar de forma contundente, porque há o desejo interno de se fazer sentir tudo o que um dia foi idealizado e se acredita ter perdido.
Domingo, 12 de Abril de 2015 - 14:49

A desolação é uma afetação de vazio e não conformidade a um referencial não alcançado em que uma angústia profunda toma conta do indivíduo podendo desencadear sentimentos e sensações de autoflagelação e autopunição pela não concretização de algo a que se dê valor.

Geralmente este é um mal que afeta os enamorados quando a não realização de um relacionamento induz a um vazio profundo e uma necessidade punitiva de se privar de outras formas de relacionamento para compensar o desejo não conquistado.

Quem vive na desolação procura se afetar de forma contundente, porque há o desejo interno de se fazer sentir tudo o que um dia foi idealizado e se acredita ter perdido.

Quando se está em desolação tem-se a nítida noção do desejo de se afetar. Algumas pessoas preferem o isolamento para guardar suas mágoas, outros preferem demonstrar para as pessoas do convívio o quanto está sofrendo por uma causa não realizada.

O efeito de uma desolação passa, quando todo o processo de apego a um concepção é colocado de lado. Para isto quem gera a desolação dentro de si, necessita passar por todo o contexto que o sentimento não realizado deseja repercutir dentro de si.

Se antes o motivo para se viver foi desfeito, então a desolação surge para cristalizar na mente de quem se oprime a realização idealizada do sentimento.

Assim a angústia parece como companheira, a dotar de sinais a cristalização do pensamento idealizado que não pode ser de fato compartilhado com o ser de referência.

Porque o real sentido de uma desolação é se libertar no final de tudo o que um dia o indivíduo foi capaz de planejar como um objetivo de vida em relação ao referente.

Então as boas lembranças aliam a sensação de quem sofre. Elas fazem lembrar que é possível resistir ao vazio e consternação que o sofrimento é capaz de prover internamento dentro dos indivíduos.

Até chegar no ponto que é necessário também abandonar a consternação. Tudo é questão de ver a vida por um ângulo de contínuo deslocamento evolutivo.

Onde a significação do sofrimento no ato de desolar-se é um processo lento de desapego a uma norma preconcebida.

Se a desolação surge derivada de uma perda, ela tem que se acomodar dentro desta expectativa, para finalmente o indivíduo se perceber novamente do ambiente ao qual pertença.

O mundo pode estar irradiando indefinidamente, mas se a pessoa está em seu ambiente interno ligado a sua imaginação de desolação está vagando dentro do rol de possibilidades em que o convívio com o referente não é mais possível.

Pode às vezes o coração se alegrar ao recordar, mas a consternação da limitação da ação faz os sentidos aterem num lirismo que denota não ter mais fim.

E a pessoa estando convencida que é necessário caminhar e seguir o seu caminho, acaba por convencer-se de que a vida deve ser vivida e deixar para o repouso da lembrança os momentos felizes que passou ao lado de seu referente.

A vida é curta demais para tanto prendimento a sensações e sentimentos que não deixam as pessoas visualizarem caminhos a seguir em sua volta.

Então a desolação é muito destes entraves, em que é necessário refletir sobre o irrealizável para que a mente possa seguir passos adiante.

O sentido de tudo parece esvair-se, mas a pessoa tem que perceber que o sentido está viciado a focar em uma só direção, então porque não observar o caminho que está próximo e iluminado dentro do eixo de aproximação?

Se a escolha do seu momento está em deixar se afetar pela somatização de um conflito idealizado por representar algo de grande relevância para si, que seja breve, porque existem outras pessoas no ambiente esperando para que você saia deste estado de desolação para também terem uma chance de permutar os valores de uma vida na partilha de sua integridade.

Porque o verdadeiro sentido da vida é este, a permuta de informações para o crescimento mútuo. E você não pode deixar este compromisso de lado. Existe pessoas que dependem do seu sucesso como ser humano, existem pessoas que dependem do seu desenvolvimento para que elas também venham a se desenvolver,... elas esperam, sabem o quão importante é você validar seus pensamentos idealizados, para que tenham uma realização sensorial em sua mente. Porque é preciso viver, porque é preciso amar.

Fonte - Max Diniz Cruzeiro

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.