A TODAS AS MULHERES QUE FAZEM ROND訬IA

As mulheres rondonienses s鉶 sempre alvo de aten玢o em todos os lugares. Seja pelo esp韗ito de guerreira, cuidadora, l韉er, amiga ou pela do鐄ra combinada com a for鏰 para ajudar aqueles que a rodeiam.
Sabado, 11 de Abril de 2015 - 22:18

O mês de março foi dedicado pelo NewsRondonia a figura da mulher rondoniense, que com suas lutas, derrubam obstáculos históricos para a auto-afirmação, com suas ambições pessoais, com seus desejos, com sua significação multifacetária através de um olhar caleidoscópico revela tal como verdadeiramente ela o é: um ser de luz, presença sempre reconfortante, geradora de vida, de sonhos, de transformação.

Contudo, apesar de toda a superação já experimentada sobre o preconceito e o machismo, principalmente, nas comunidades mais refratárias à mudança, como nos interiores brasileiros e, em menor escala, nas culturas em que o papel feminino é, de forma preponderante, o de ser submisso e procriador, como entre os muçulmanos, a disparidade de salários e oportunidades de trabalho entre homens e mulheres que ocupam os mesmos postos em grandes companhias permanece elevada, assim como a proporção de mulheres em funções de direção na mesma iniciativa privada.

Em especial no que se aplica à chaga social da violência, fica aqui a expectativa de que os agressores possam ser cada vez mais trazidos à sua responsabilidade, cada vez mais denunciados por sua covardia, e que as mulheres, estejam elas onde estiverem, nunca mais baixem a cabeça ao menor sinal de problemas dentro de casa ou fora dela, mas que arregacem as mangas e partam para o contra-ataque, não mais silenciando o olho roxo, o braço quebrado, os hematomas pelo corpo.

Às mulheres Rondonienses e Rondonianas, o nosso reconhecimento pela sua bravura, pelo inconfundível toque de charme e sensibilidade que emprestam a todas as coisas, pela perspicácia sem igual, e, principalmente, por ajudarem, com o seu amor sincero, a fazer da realidade do dia-a-dia o combustível de um amanhã rico de potencial e de alegrias.

E encerrando essa série de homenagens e entrevistas da qual participaram professoras, donas de casa, jornalistas, vendedoras, empresárias, servidoras publicas e guerreiras de várias atividades profissionais, mulheres que lutam pelo seu espaço dentro desse processo de transformação de que tanto necessitamos, encerramos o ciclo de entrevistas com Jornalista Taísa Arruda, que durante o mês de março estava convalescendo em um leito hospitalar, mas que com sua garra e determinação, com seu exemplo de mulher guerreira, lutadora  não deixou de participar dessa homenagem.

Obrigado Taísa!!!

Através de você, queremos agradecer a todas essas mulheres, QUE FAZEM RONDÔNIA!!!

Sou Taísa Arruda, tenho 29 anos de muita história pra contar. Gosto das coisas do meu jeito e por isso não tenho medo de errar, pois acredito na força da saúde e coragem pra recomeçar, se for necessário.

Sou jornalista, mas a vida me carregou para os embaraços dos cabelos cacheados. Sou consultora dos cachos por amor. Me redescobri profissionalmente e por isso abri um espaço, chamado TAYÓ, dedicado aos cachos ondulados, encaracolados, crespos e encarapinhados. Não crio formas, apenas devolvo a beleza natural dos fios.

Ampliar cada vez mais o trabalho de conscientização sobre aceitação dos cabelos naturais.

Nossas vidas são guiadas e representadas por pessoas escolhidas pela maioria através de voto, mas o resultado nem sempre condiz com o que acreditamos, mas esse sistema chamado política é o que nos movimenta. Atualmente passamos por uma fase confusa e de desconfiança, mas eu quero acreditar que meus filhos e netos leiam sobre corrupção apenas nos livros de história.

Amo as oportunidades que Rondônia oferece. Só fica parado quem quer. Gostaria muito ver a belezas naturas sendo aclamadas por pessoas de outras cidades. Temos muita riqueza que poderiam ser exploradas de forma harmônica com a natureza.

É fazer o que quer na hora que deseja.

Fonte - NewsRond鬾ia

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.