UM PRESENTE MUITO CARO AOS NOSSOS HERMANOS DA BOL蚔IA

Tudo isso seria suficiente para que o Governo do Estado e nossa bancada federal corressem ao Planalto, para formalizar um forte protesto contra essa decis鉶 inexplic醰el.
Terça-Feira, 31 de Março de 2015 - 10:16

Não há má vontade com os vizinhos bolivianos. Mas não se compreende a falta de protestos duros, contra a decisão do nosso governo, de doar a usina termoelétrica de Porto Velho para a Bolívia e ainda investir 60 milhões de reais, como presente ao amigo  Evo Morales. Há algo de muito errado nisso! Primeiro, porque estamos numa crise nacional e os investimentos em infraestrutura, incluindo obras vitais para Rondônia e para o país, estão sendo congelados, por um duro contingenciamento orçamentário. Depois, porque inúmeras comunidades rurais de Rondônia e de toda a região norte ainda vivem sem energia, porque a eletrificação rural, em áreas mais distantes, é apenas uma luz no fim do túnel, com o perdão do trocadilho. Ainda se poderia colocar na balança a tomada à força da nossa refinaria da Petrobras pelos bolivianos e, com o mesmo peso, a expulsão de dezenas de famílias brasileiras  da área de fronteira, onde agora nossos hermanos plantam a folha da coca, essência para a produção de cocaína. Tudo isso seria suficiente para que o Governo do Estado e nossa bancada federal corressem ao Planalto, para formalizar um forte protesto contra essa decisão inexplicável.

Qual a moral com que o governo de dona Dilma dirá, a partir de agora, que não teremos dinheiro para a terminar as obras dos nossos viadutos na Capital ou da BR 425, que quase isola Guajará Mirim ou da BR 429, que é vital para milhares de rondonienses? Qual a explicação que se dará às nossas  populações mais distantes que ainda vivem no escuro? Doar uma usina deste porte, que seria uma reserva técnica importante para a região de Porto Velho, em casos de emergência e ainda investir 60 milhões nela, para presentear um vizinho, quando nossas necessidades são imensas, não é mais um golaço contra que faz o governo do PT?

SUBSERVIENTES

Ainda dentro do mesmo assunto: numa democracia, o Presidente ou a Presidente tem  superpoderes para fazer doações desse tipo, sem sequer consultar o Congresso? Não deveriam ser cobrados os empréstimos do BNDES e as doações a governos de países estrangeiros, como Cuba, Angola, Uruguai e Argentina, entre outros? Há especialistas que dizem que é inconstitucional o governo brasileiro fazer tantos investimentos e presentear governos amigos, sem que deputados federais e senadores sejam ouvidos. Mas como por aqui o governo faz o que quer, com alguns poderes subservientes e não independentes, daí....

TERROR DE SEXTA A DOMINGO

Não dá mais para conviver com tanta coisa ruim. No final da outra semana, em Porto Velho, mais de 130 ocorrências em menos de três dias. Bêbados ao volante: 37. A história de violência se repetiu novamente de sexta a este domingo. Assassinatos, brigas, acidentes de trânsito, tiros, confusão. Os policiais civis e militares, com a parcas condições que têm e com a incrível falta de pessoal, fazem o que podem. Pior: a grande maioria dos presos entram nas delegacias e pouco depois estão nas ruas de novo, ainda mais se forem menores. Socorro!

SÃO DA MESMA LAIA

Tem gente que vive falando mal do governo, que vai às ruas protestar, que usa s redes sociais para até ofender, baixando o nível de parte para ataques até raivosos, contra os políticos e nossos mandatários. Com exceção do ódio, muitos podem criticar e bater duro,  porque são pessoas decentes e trabalhadoras, que querem o bem do seu país. Mas gente como a médica de Ji-Paraná e o diretor da unidade de saúde que a acobertou, quando ela recebeu um ano de salários sem trabalhar, não tem moral para reclamar. Deveriam, os dois, estar na cadeia, ao lado de Mensaleiros e envolvidos no Petrolão. São iguais.

CULPA NO CARTÓRIO

Por falar nisso, o PT tenta transformar em questões político partidários a roubalheira, que a mídia noticia todos os dias. A cada nova acusação, vem alguém do governo ou aliado para cobrar investigação também em relação aos tucanos. Ué, mas se são ladrões - tucanos, petistas, pedetistas ou gente de qualquer partido, seja de direita ou esquerda - todos estão no mesmo saco. Têm que prestar contas com a lei, que é apartidária. Canalha é canalha, não importa o sexo, cor, escolaridade, religião ou partido político. Tentar desviar o foco é bem coisa de gente que tem culpa no cartório e quer se safar...

POBRE BURITIS!

Mais uma vergonha para nosso Estado, entre tantas. Agora, foi em Buritis, uma cidade que cresceu muito nos últimos anos e que acabou atraindo todo o tipo de gente. Inclusive aquelas que imaginam que pode assacar impunemente os cofres públicos. Uma operação realizada recentemente, liderada pelo Ministério Público rondoniense, mas com apoio de várias instituições e da polícia, apontou que um grupo de políticos da cidade usufruíram de grana que deveria ser aplicada corretamente para melhorar a vida da cidade. A Justiça afastou o prefeito Antonio de Lima e seis vereadores, que são suspeitos de receberem uma graninha extra, por fora, para apoiar a administração. Todos os envolvidos, como sempre, negam tudo. Lamentável!

PERGUNTINHA

Será que abril começará com greves do funcionalismo, para ampliar ainda mais os graves problemas que Rondônia já está enfrentando?

Fonte - Sergio Pires

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.