SUPERMERCADOS ESTÃO EM RITMO DE PÁSCOA, EM JI-PARANÁ, PARA 'FISGAR' CLIENTES PELO ESTÔMAGO

Terça-Feira, 24 de Março de 2015 - 09:41
Os comerciantes esperam que neste ano tenha resultados positivos no período (entre 29 de março e 4 de abril).

Para o comércio, a Páscoa é a primeira grande festa para o setor e um termômetro para o desempenho da atividade ao longo do ano de 2015. Na segunda quinzena de fevereiro supermercados e grandes empresas de varejo já estampavam produtos de chocolates e mimos em suas gôndolas. 

Os comerciantes esperam que neste ano tenha resultados positivos no período (entre 29 de março e 4 de abril). No ano passado, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), divulgou uma nota em que dizia “Este foi o resultado mais fraco dos últimos cinco anos, onde os 2,55% veio aquém do esperado e frustrou ainda mais os lojistas”, informou o texto.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ji-Paraná (CDL), José Aparecido Gonçalves, disse que as pessoas estão mudando estratégias. “Hoje, grande parte das pessoas estão substituindo os ovos industriais para investirem nos artesanais. De qualquer forma, é algo interessante e contribui com comércio empreendedor”, expôs.

ANTECIPAÇÃO DA COMPRA

A jornalista Samira Lima comprou em fevereiro dois ovos de chocolate para separar os brindes mais bacanas. “Em comparação ao que comprei o ano passado, penso que até ficou em conta. Isso porque, paguei o mesmo valor de R$ 30 em melhores opções”, relatou. Num supermercado em Ji-Paraná, o ovo de 130g está saindo por R$ 13,98 e o de 1kg, por 79,98.

Segundo Samira, ela deve comprar mais ovos ou substituir por sacos de bombons e doces diversos para montar lembrancinhas. “Aqui na cidade tem opção pra quem quiser comprar no atacado, então é uma boa ideia”, falou a jornalista que pretende fazer “boa ação” aos seus familiares e doações em algum bairro periférico. “O ovo é só pras crianças”, resumiu.

Fonte - ASSESSORIA- CDL

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.