E O ANO COMEÇOU – POR JOSÉ DE ARIMATÉA DOS SANTOS

A máquina estatal é muito faminta e preparada para arrecadar mais e mais. E se por acaso der um problema de caixa lá vão tirar nossos direitos conquistados as duras penas.
Segunda-Feira, 23 de Fevereiro de 2015 - 11:02

É voz corrente que o ano só começa depois dos festejos de carnaval. E como tal já sabemos quem ganhou o carnaval, além das polêmicas anuais desse período momino. De fato quando observamos com cuidado fevereiro, vemos que o ano anterior se prolonga um pouco. Já em janeiro se preparamos para nos primeiros meses do ano pagar impostos e mais impostos. O que todo brasileiro sempre lamenta é que as obrigações, os deveres são bem maiores que os direitos constitucionais.

A máquina estatal é muito faminta e preparada para arrecadar mais e mais. E se por acaso der um problema de caixa lá vão tirar nossos direitos conquistados as duras penas. E mais ainda quando se tem um parco aumento de salário, os impostos e aumentos nas mercadorias fazem com que o trabalhador fique com seu salário mais achatado ainda. E é assim que começa o ano, infelizmente. Todos os anos.

Solução para diminuir os impostos tem, contudo as regiões ricas do país e que ganham mais não tem interesse nenhum que as regras mudem. Como é importante uma reforma política é importante também uma reforma fiscal em que se diminuam os impostos. Acredito que menos impostos façam aumentar o poder de compra de todos nós, pois sobrará um dinheirinho a mais nos nossos salários.

E o ano começou coincidentemente este ano logo após o carnaval. Só que na China. 2015 é o ano da cabra lá pras bandas dos chineses. Então, bola pra frente! E o importante é continuar na nossa luta diária por um país melhor e também um mundo mais fraterno. Esse é o mote de todos nós em que todos tenham as oportunidades para mudar-se e modificar esses tempos de individualismo pelo coletivo. Coletivo de mais solidariedade, fraternidade e amor.

José de Arimatéa dos Santos, professor

Fonte - José de Arimatéa dos Santos

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.