QUEM INFERNIZOU A VIDA DE CONF贑IO NUMA AUDI蔔CIA?

O diabo est em nosso meio...
Sabado, 14 de Fevereiro de 2015 - 10:38

Pelo inusitado do texto, pela forma criativa como foi apresentado (uma mescla de bom humor com sarcasmo, ironia e algumas cacetadas!), vale a pena reproduzir texto que o governador Confúcio Moura publicou em seu Blog, esta semana. Quem terá sido o alvo das críticas do chefe? Quem é que, ao entrar numa sala de reuniões causa tanto estrago? Confúcio não deu qualquer pista. Portanto, todos os que estiveram em audiência com ele nos últimos dias, estão sob suspeita... Uma suspeita, claro, bem humorada. Mas que o Governador foi mordaz e crítico (criativo também), ao criticar o chato (a), foi mesmo... Leiam:

"Minha mãe falava de vez em quando a expressão: “eu não vou com a cara de fulano”.  Ela queria dizer que certas pessoas exalavam uma energia ruim. Que não entrava em nosso coração. No meu tempo de menino, a gente acreditava em quebranto. Uma pessoa pegava uma criança no (ao) colo, fazia carinho, e mais tarde, o menino pegava febre, ficava triste. As mães levavam a criança à benzedeira para rezar nela. Para tirar o mau olhado. Estas coisas todas de crendices. Que todo mundo acreditava. Todo mundo tem isto, de não ir com a cara de outra. De receber carga negativa, o tal do olho gordo. E assim, eu também percebo no meu dia a dia, nos encontros e nas audiências. Porque num governo,  aí sim que tem “mau olhado”. Eu ainda não fui a nenhum “pai de santo” e nem “benzedeira” para passar no ramo da arruda. E nem cantarolar rezas mal entendidas (é assim mesmo?).  Ontem, aconteceu comigo deste jeito. Fiquei travado com uma audiência. Me senti invadido por uma onda tão ruim, em certo momento, que um minuto me parecia uma hora. Uma carga péssima, que tudo que me dizia me parecia trama. Me parecia cama-de-gato. Um peso de chumbo na sala. Xô maldição. O diabo está em nosso meio".

MERCÚRIO NO RIO

Não foi por falta de aviso! A Secretaria do Meio Ambiente constatou que os garimpeiros que estavam extraindo ouro ilegalmente no rio Madeira, despejavam mercúrio puro dentro das águas já tão poluídas e castigadas pelo metal nos anos 70. Materiais foram apreendidas em diferentes pontos de garimpo, junto com outras apreensões de madeira também retirada de forma ilegal da floresta. O mercúrio mata. Leva até 200 anos para ser absorvido pelo meio ambiente. E, em pleno século 21, ainda é jogado, in natura, no rio que abastece centenas de milhares de rondonienses. Trágico!

A AIDS VOLTANDO

Há outro risco muito grande na saúde pública, acentuado no período de carnaval, que anda sendo esquecido. Trata-se da Aids, que sumiu do noticiário, mas está mais presente que nunca na vida de milhares de brasileiros. Números oficiais apontam que o número de casos só em Porto Velho cresceu mais de 25% num ano. É de assustar. Prevenção é a única forma de se fugir dessa terrível doença. E de várias outras, que podem não ser mortais, mas que também causam graves danos ao organismo. Preservativo é a solução!

APOIO DO GOVERNO

Embora seja cedo para prognósticos mais claros, parece certo que o grupo do governador Confúcio Moura já bateu o martelo para 2016 e vai apoiar a reeleição de Mauro Nazif em Porto Velho. O vice governador Daniel Pereira, indicado para o posto pelo próprio Nazif, tem deixado claro que não haveria outra opção, dentro do quadro atual, a não ser estar ao lado do atual prefeito na busca pelo segundo mandato. O que terá que ser feito, lá na frente, é combinar isso tudo como eleitor. Se ele topar....

CASA? ONDE?

É o que dá prometer e não cumprir! O povo está ficando com o saco cheio de ouvir promessas que nunca saem do papel. Nesta semana, mais um exemplo disso. Famílias atingidas pela enchente do ano passado, que até agora estão jogadas às traças, fecharam a BR 319, exigindo as casas prometidas pela Prefeitura da Capital, para que eles possam morar de forma decente. O meio usado (fechar uma BR e atrapalhar a vida de quem nada tem a ver com o problema) foi ilegal e errado. Mas o protesto tem toda a razão para ser feito. Papo furado não dá casa a ninguém. Literalmente!

SUICÍDIO NA MOTO

O motoqueiro vinha em alta velocidade, atrás de um caminhão, desses enormes, carregados. Chegou a cerca de 200 metros e desviou, para alívio do motorista. Segundos depois, a moto mudou o traçado de novo e foi jogada por seu piloto, em alta velocidade, contra a traseira do caminhão, para desespero do experiente motorista, que nada pôde fazer. Não é uma tentativa clara e bem sucedida de suicídio. Claro que é. Tudo isso aconteceu na vida real. Foi na quinta-feira, perto do meio dia, na BR 364, em Candeias. Não é de enlouquecer?

CONVERSA NAS ALTURAS

Assustada com a crise que está enfrentando, tanto na área política quanto na econômica, a presidente Dilma foi se consultar com Deus. Ops! Desculpem. Foi se consultar com o presidente Lula, que sempre parece estar no poder, seja quem for o plantonista do Planalto. Lula criticou, sugeriu, mostrou caminhos e até teria dado uns puxões de orelha na sua pupila. Ele está se preparando para voltar daqui a quatro anos. Oh, céus! Salve-nos do que virá por aí...

PERGUNTINHA

Depois da quarta-feira de cinzas, quantos mortos nas rodovias e cidades brasileiras terá contabilizado o trânsito doente que temos em todo o nosso país?

Fonte - Sergio Pires

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.