AP覵 SER ATROPELADO POR 訬IBUS NA INF翹CIA, JOVEM PEDE AJUDA PARA SE APOSENTAR POR INVALIDEZ

Pedro Junior pede ajuda aos internautas e toda a comunidade de Porto Velho, para que consiga duas consultas m閐icas, sendo uma com um Ortopedista e outra com um Urologista.
Sexta-Feira, 30 de Janeiro de 2015 - 15:29

Por Júlio Malta
Da Redação NewsRondônia

A vida do jovem Pedro Júnior nunca mais foi a mesma após ter sofrido um atropelamento, juntamente com sua mãe. Na ocasião, o rapaz sofreu inúmeros ferimentos pelo corpo que atualmente limitam seu convívio diário.

De acordo com informações prestadas por Pedro, no ano de 2001, ele, com seis anos de idade estaria sendo transportado de bicicleta por sua mãe, na Avenida Rio Madeira, quando ao se aproximarem de uma parada de ônibus, foram atropelados por um coletivo. Após a queda, a mãe conseguiu puxar parcialmente o garoto, evitando que o ônibus passasse por cima de sua cabeça, porém, as rodas do veículo passaram pelo restante do corpo do menino.

Os ferimentos ora sofridos foram muitos, dentre eles, fratura de fêmur e bacia, além de esmagamento de intestino. A empresa fez um acordo com a família e cedeu um cartão do plano de saúde de um hospital particular da Capital, comprometendo-se a prestar toda a ajuda necessária até que a vítima completasse 18 anos. Atualmente, Pedro está com 19 anos e inúmeros problemas de saúde. Segundo ele, o convênio foi cancelado e as dores pelo corpo são, além de constantes, insuportáveis. 

Pedro Junior pede ajuda aos internautas e toda a comunidade de Porto Velho, para que consiga duas consultas médicas, sendo uma com um Ortopedista e outra com um Urologista. O telefone de contato do rapaz é (69) 9261-4630 e caso alguém queira visitá-lo para conhecer sua história e se possível ajudar, o seu endereço é na Rua Clara Nunes, nº7560, Bairro Planalto.

Informações: Willian Homem do Tempo

Fonte - NewsRond鬾ia

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.