Coluna Leitura Finalizada: Em algum lugar do paraíso - por Renata Camurça

Feliz era Adão, sentencia, que vivia num eterno presente, num eterno domingo.
Segunda-Feira, 01 de Agosto de 2022 - 11:16

Autora: Renata Camurça

“Vivemos cercados pelas nossas alternativas, pelo que poderíamos ter sido, pelo medo do futuro – dar-se conta dessa fragilidade, e saber rir deliciosamente de tudo isso, só com Verissimo. Aqui ele investiga momentos cruciais das nossas vidas, o começo e o fim do amor, o desgaste gerado pelo tempo, o acaso que pode fazer tudo ruir ou acontecer de forma surpreendente.

E se eu tivesse topado aquele emprego, completado aquele curso, chegado antes, chegado depois, dito não, dito sim... Verissimo nos faz pensar sobre as escolhas, as decisões precipitadas, as que nunca foram tomadas – sempre com um olhar amoroso, bem-humorado, cúmplice de limitações demasiado humano.

Feliz era Adão, sentencia, que vivia num eterno presente, num eterno domingo. O que vinha depois da passagem da sombra da noite não era o dia seguinte, era o mesmo dia, ou até o dia anterior, quem se importava? Adão, sozinho no paraíso, era um homem feliz porque era um homem sem datas.

Das nossas fantasias sobre o primeiro homem até a angústia sobre a passagem incontrolável do tempo, Verissimo nos faz rir com seu humor refinado e uma tremenda elegância narrativa. É o paraíso: o talento de um dos mais respeitados escritores brasileiros em crônicas irresistíveis sobre o tempo, o amor, as oportunidades perdidas, e aquelas que talvez ainda possamos alcançar.”

O livro “Em algum lugar do paraíso” é um livro de contos e crônicas. São textos divertidos, politicamente incorretos e com um olhar um tanto cínico sobre o cotidiano e as inquietações do ser humano.

Ao longo dos 41 capítulos, o escritor aborda temas como amor, morte, vida, tempo, escolhas, entre outros.

Cada crônica foi escrita de uma forma que faz o leitor refletir sobre as situações ali colocadas e é quase impossível chegar ao final do livro sem se identificar com um dos contos. Eu, por exemplo, fui tocada pelo capítulo “Liberdades”, que traz vários pensamentos a respeito do que é ser realmente livre.

Os textos de Verissimo são repletos de questionamentos, aqueles que a maioria das pessoas faz ao longo da vida, o famoso “se”, como seria se eu tivesse seguido por outro caminho? Quem nunca se perguntou como estaria a vida se tivesse tomado outras decisões? Recentemente andei pensando sobre isso, e quer saber, a estrada que escolhi me fez ser quem sou, mas isso não quer dizer que não posso mudar o caminho quando a paisagem não mais me agradar. Sou livre, a minha liberdade me faz sentir viva e isso é bom demais!

É um livro surpreendente, profundo e vale muito a pena.

Boa Leitura!

Quotes:

“Alguns são obcecados pela liberdade e prisioneiros de sua obsessão.”

“Os loucos são livres e vivem presos por isso.”

“Você é livre se tem liberdade para dizer o que pensa e fazer o que quer, para ir e vir e exercer o seu individualismo até o fim, ou até o limite da liberdade do outro.”

“Livre de verdade é quem é livre da fome, da miséria, da injustiça, da liberdade predatória dos outros.”

“Mas eu desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, completamente livre, é a que não tem medo do ridículo.”

Fonte - ƒ Renata Camurça - News Rondônia

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.