Com anúncio da candidatura de Bagattoli ao senado, Marcos Rogério se oficializa pré-candidato ao governo de RO

Disputa entre os 'M.R- 1 e M.R-2' pode abrir espaço para uma surpresa com a chegada de uma terceira via.
Quarta-Feira, 06 de Julho de 2022 - 19:07

Autor: Emerson Barbosa

Com o anúncio apoiando a candidatura do empresário Jaime Bagattoli ao senado, Marcos Rogério (DEM) se intitula também candidato só que na disputa pelo governo de Rondônia.

Ele já havia feito a divulgação da sua candidatura esta semana, mas agora explicitando apoio a Bagattoli deixa evidente a sua aspiração para ocupar a cadeira de número 1, localizada no Palácio Pacaás Novos.  

No banner divulgado em sua página no Facebook, na terça-feira (05), o jornalista M.R explica que “agora é pré-candidato ao governo de Rondônia”. Além de tratar como “missão” a decisão tomada. “Ser base de apoio ao nosso presidente Jair Bolsonaro no meu estado, Rondônia. Já avançamos muito, mas é preciso ir além, agora levando o progresso e o desenvolvimento para os estados, dando continuidade às ações do governo federal”.

A pretensão de Rogério pode não ser algo tão seguro como ele costuma fazer ao expressar verbalmente. É que entre o candidato almejar existe um ‘empecilho’ na corrida ao governo estadual e atende pelo nome de Marcos Rocha (PL).

Sem ‘tato’ político, pelo menos é que pessoas próximas dele costumam afirmar, Rocha deverá colocar em prática o que talvez ‘fez’ com a máquina pública em mãos, ou foi levado acreditar que ‘realizou’ por seus correligionários. No meio político, o cenário do atual governo seria algo que M.R-1 tem tratar com preocupação, pois nas ruas, o termômetro não estaria na mesma temperatura que ele imagina entre uma selfie e outra.

Organismos empresariais estariam descontente com a pouco atuação do governo no aspecto ‘desenvolvimento’. Em meio a esse perigo que já não tem mais tempo para uma correção, o grande questionamento será como acontecerá o embate entre os candidatos bolsonaristas, na corrida eleitoral com ambos concorrendo ao Poder Executivo. Seria também uma estratégia de Bolsonaro?

Analistas de política de Rondônia, acreditam que o ‘cenário’ estará propicio para o surgimento de uma terceira via e a briga entre os dois candidatos um caminho aberto para a possível redenção dessa chegada. De quem se trataria? A história relata que o rondoniense pode gostar.

Fonte - ƒ NewsRondonia

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.